A linha tênue das sandálias

Muita gente procura dicas de como se vestir para trabalhar. É um dos assuntos mais recorrentes, seja em revistas e blogs de moda ou em mídias que tratam de assuntos de negócios ou empresariais.

O argumento é um só: o jeito que você se veste diz muito sobre quem você é. Invariavelmente, a primeira coisa que todo mundo vê.

Para alguns pode parecer que o momento da entrevista é o mais crucial, mas a verdade é que no dia-a-dia também é importantíssimo. Somos observados diariamente pelos colegas e superiores. E se tratamos diretamente com clientes, somos também responsáveis diretos pela imagem da empresa.

Sandálias ou sapatos no trabalho?

Então, não tem jeito. Temos mesmo que nos vestir de acordo com as regras e exigências do nosso ambiente de trabalho e ainda prestar atenção em outros detalhes que podem parecer bobos, mas não são.

Certa vez trabalhei num escritório que tinha piso elevado para acondicionar embaixo dele os cabos dos inúmeros equipamentos eletrônicos que usávamos. O ambiente ficava livre de fios aparentes, organizado e seguro, mas fazia com que os passos de todo mundo ecoassem alto e à distância.

Foi uma questão de bom senso que todos deviam evitar sapatos com salto de madeira ou que fizem barulho, pois estes ressoavam mais ainda. Regra que seria relativamente desnecessária se o piso fosse acarpetado e abafasse os sons.

Ainda falando de sapatos, uma pergunta que sempre volta é se pode ou não pode usar sandália pra trabalhar. Ainda mais agora no verão, quando a gente quer mesmo é se vestir da maneira mais fresquinha possível.

sandalia-verao

E a resposta em geral é não. Nada de sandálias no trabalho. Rasteiras então, nem pensar.

Por mais flexível que eu seja e acredite que é possível a gente inventar e variar sem necessariamente quebrar as regras, o fato é que as sandálias são uma peça perigosa. A linha do certo e errado pode ser muito tênue dependendo do ambiente de trabalho.

Nos ambientes mais formais elas trazem um ar de casualidade que pode ser interpretado como descaso. Dependendo do modelo, pode ser uma peça chamativa demais ou fetichista. Outros podem achar muito esquisito ver uma pessoa usando um terno alinhado e discreto, mas trazendo nos pés tiras finas que mal seguram os dedos.

terno-com-sandalia

Então por carregarem tantas possibilidades, detalhes e nuances, a resposta para as sandálias no trabalho permanece não.

Claro que existem exceções e nesse caso vai para quem trabalha em lugares bem menos formais ou ambientes criativos.

Se o seu trabalho é assim, dá pra arriscar sandálias. Mas ainda assim existem regras. Opte por tiras grossas, saltos médios e sandálias que cobrem mais os pés do que aquelas do fim de semana ou da noite. Assim elas vão compor o visual com mais peso de sapato do que sandália.

Não fez sentido? Tente se inspirar nessas imagens:

sandalia-para-trabalhar

Anúncios

Preto e branco é chique sempre

Oscar de la Renta, Carolina Herrera, Moschino, Alexander Wang, Narciso Rodriguez, Jean-Pierre Braganza

A combinação de preto e branco ou monochrome, como é conhecido lá fora, invadiu as passarelas, ruas e lojas esse ano. É tendência tão forte que passou deste verão para o próximo outono/inverno.

Mas não pense que ela se restringiu ao nosso velho terninho preto com camisa branca. A dupla veio em modelagens inusitadas, silhuetas diferentes, estampas, grafismo e claro, acessórios. Apareceu até na febre fashionista da calça do Beetlejuice.

Não precisa ser liso e monótono

Eu vejo como uma ótima oportunidade de usar aquelas peças básicas de sempre, e de quebra tentar algo diferente. Isso porque eu acho que o preto e branco é um clássico que vai em qualquer lugar e apesar de ser tendência forte, nunca sai de moda de verdade.

Blazer, jaquetas e acessórios brancos

É a chance de tentar arriscar aquele blazer ou jaqueta branca que eu sempre tenho dúvida ou um acessório que eu pensei que podia ser uma peça restrita e agora parece ter mais lugar.

A vez do sapato e bolsa branca?

A calça ou saia branca também funciona bem pra mudar um pouco. Mas vale prestar atenção no corte da peça pra não marcar o que não deve. Não use nada muito justo e aproveite a ilusão da listra preta lateral que alonga e emagrece.

A parte de baixo do look pode ser branca sim

Faça o teste na frente do espelho, se você inovar na combinação ou no jeito que monta o look, veja como a imagem final é de mais auto-confiança e autenticidade.

Leve a primavera para o trabalho

A primavera chegou oficialmente e em todo lugar as flores já começaram a aparecer.  É a oportunidade perfeita pra atualizar e variar o jeito de se vestir para trabalhar!

O floral pode ser coloridão, discreto, miudinho ou marcante. O que vale é saber que adicionar flores no seu guarda-roupa vai deixar qualquer visual mais fresquinho, vibrante e diferente.

O jeito mais simples é aquele vestido que você comprou no verão do ano passado. É só garantir que ele não é muito curto e nem decotado demais para o seu ambiente de trabalho e lá vamos nós.

Se ele já tem presença por si só, acrescente acessórios pra deixar mais alinhado. Pode ser um salto alto, um cinto nude pra marcar a cintura ou uma bolsa colorida.

Vestidos do verão podem ir trabalhar

Se o seu escritório é um pouco mais formal, não tenha receio, ainda dá pra usar o vestido florido. O truque é usar um cardigã com detalhe, um suéter clássico ou um blazer mais estruturado. Tente combinar a terceira peça com um dos tons da estampa e tudo fica mais elegante.

Vestidos florais ficam mais sérios se combinados com um blazer ou cardigã

Agora, se estiver inspirada e disposta a arriscar um pouquinho mais, invista numa saia com flores bem coloridas e vivas. Pra manter a formalidade do trabalho, escolha a modelagem mais reta, tecidos mais encorpados e faça par com camisas bem cortadas.

Se escolher bem os tons da estampa, dá pra usar com o blazer daquele terninho de sempre e mudar totalmente o visual.

Saias com estampas de flores substituem a saia preta de sempre

Não tenha medo dos acessórios. Além do preto nosso de todo dia, sapatos e bolsas em tons de caramelo ou nude combinam perfeitamente com todas as opçoes acima se não quiser abusar das cores.

Imagens via: Fabsugar, The Sartorialist, Fashion Coolture, Street Peeper, Lauren Conrad.