Brasileiros em Londres e um pulinho em Milão

A Semana de Moda de Londres passou e todo mundo estava ansioso para ver como os brasileiros Lucas Nascimento e Barbara Casasola iam se sair. É que dá uma pontinha de satisfação e orgulho em saber que tem gente nossa acontecendo lá fora, não é mesmo?

E eles fizeram bonito. Não tem como negar.

Lucas Nascimento

lucas-nascimento-inverno-20

Confesso que num primeiro instante esperava um pouco mais daquele ar futurista dos desfiles anteriores. Então vi que na verdade, Lucas Nascimento me surpreendeu. Ele trouxe de novo seu trabalho incrível com couro e tricô, mas com modelagens retas e amplas, com um pouco menos de estrutura do que antes, mas definitivamente com mais balanço. Principalmente nas calças larguinhas e com pregas.

Além disso, a coleção dele me fez lembrar que os tons neutros não precisam ser o preto, cinza e azul-marinho do nosso guarda-roupa profissional de todo dia. Eles são neutros e coringas sim, mas podem ser vibrantes e cheios de novidade. É só olhar para os vários tons de verde que ele combinou com vinho, cinza e preto. Destaque para a calça em amarelo quase mostarda: é a dica de como usar amarelo para ir trabalhar. Dá vida instantânea para qualquer look, desde que não seja combinado com preto.

Barbara Casasola

barbara-casasola

O desfile da Barbara trouxe coisas bem interessantes! As transparências com certeza foram o ponto mais forte para mim. E apesar de muitos acharem que não dá pra usar no trabalho, o truque de styling do look do meio é perfeito para o escritório. Use uma camisa branca por baixo do blazer transparente e voilá! Lindo, diferente e elegante sem ser vulgar.

Fora isso, as transparências da Barbara só vão mesmo para as festas e coquetéis do trabalho, desde que muito bem acompanhadas de uma regatinha ou vestido simples por baixo.

Mas olha só como ela mostra o jeito de usar meia-calça neste país tropical: preta e finíssima com scarpin clássico. Vai com o vestido azul marinho e com o terninho rosa antigo, que aliás são duas ótimas opções para variar as roupas para trabalhar.

Agora, deixando a satisfação de ser brasileiro numa hora dessas e olhando para um grande clássico da Semana de Moda de Milão, não tem como não babar no desfile da Gucci.

gucci-inverno-2014

Foi difícil escolher só cinco fotos pra colocar aqui. Recomendo ir lá no site da Lilian Pacce e olhar o desfile todo se você não viu ainda.

Anos 60 sem ser caricato. Uma mulher profissional e feminina ao mesmo tempo. Os looks mostram sim o empoderamento da mulher independente sem perder a sensibilidade que nos é tão característica.

Quero pra ontem um terninho lavanda, óculos de armação e lentes esverdeadas, e essas camisas de babadinhos fofíssimas. Nem precisam ser de couro também, porque afinal nosso inverno não é lá tão frio assim.

Se inspirar nos desfiles é bom, mas às vezes dá uma vontade absurda de poder ter todos os looks! O jeito é correr para a costureira ou garimpar as lojas para achar os nossos equivalentes, não é mesmo?

Anúncios

Blazer: do escritório para o fim de semana.

Sabe quando a gente é convidada para um café ou um churrasco no fim de semana e desanima na porta do closet porque acabou de perceber que só tem roupa para trabalhar? Certeza que todo mundo já passou por isso.

É bem irônico, pensar que na maioria das vezes a gente reclama que não tem mais roupa e só descobre que tem um monte quando precisa de um look mais informal. Constatação de quem normalmente já faz compras pensando em combinar com as roupas que já tem ou se a peça vai ser versátil. Os vestidinhos floridos, shorts curtos e saias jeans costumam ser cortados do orçamento e ficam abandonados na loja.

E é tudo que a gente lembra e quer vestir para o chá com as amigas no sábado à tarde.

Mas não se preocupe, porque dá pra adaptar o guarda-roupa de trabalho e ainda assim parecer descontraída e elegante sem esforço. Um dos segredos é o blazer. Peça nosso de todo dia e que transita muito fácil para outros eventos formais e informais. Aqui vão algumas inspirações de mulheres que sabem se vestir e vale a pena a gente observar:

Blazer com shorts

blazer-com-shorts

O blazer do terninho vai super bem se combinarmos com um short. O ar de informalidade do shortinho corta toda a seriedade do blazer e este por sua vez dá equilíbro no look. O perfeito high-low. E dá pra ver que o blazer pode ser usado com vários tipos de shorts dependendo da ocasião, né?

O short jeans fica mais jovial e cool. Ainda mais se for levemente desgastado ou de cintura alta. Mais estilo impossível. Algumas vão querer usar com scarping ou peep toe, mas reparem que fica muito melhor com sapatilhas, espadrilles ou ankle boots de salto baixinho.

Se quiser ir para o lado mais ladylike, opte pela alfaiataria ou pelo short de seda molinho, tipo pijama. Aí vale combinar com sapatilhas e saltos mais altos, pois o look total é mais elegante.

Em ambos os casos as camisetas podem ser usadas. Mas a camisa com estampa graciosa ou fofinha fica melhor com as opções mais femininas e menos contrastantes.

Blazer com tênis

blazer-com-tenis

Olha o blazer balanceando o look novamente! Dessa vez, serve para aqueles fins de semana em que a gente só quer conforto, mas não quer parecer desarrumada. Pegue o seu jeans favorito, uma camiseta simples e um par de tênis estiloso, mas de pegada macia. Só não vale o da academia…

Combinar o blazer com tênis é uma aposta no high-low novamente e mais uma oportunidade do blazer sair para passear fora do escritório. Costuma ser a escolha preferida também das celebridades para viajar, já notou? Use a criatividade e varie a calça que pode ser de couro, jeans detonado, colorido, khakis, cenoura, chinos… Inúmeras possibilidades!

Tudo bem até agora, mas se o que você queria mesmo era um visual mais alinhado e formal, a roupa clássica para trabalhar ainda é opção:

Blazer com macacão

blazer-com-macacao

Sim, o blazer pode ser sexy. O truque é aliar a peça a um macacão de tecido fluido e nobre. Arrisque um decote poderoso e feminino e a fórmula está garantida. Assim o blazer vai para coquetéis, festas, casamentos ou simplesmente um jantar mais chique com o boy.

Nessa combinação os sapatos são necessariamente de salto alto. A não ser que você seja privilegiada e abençoada com boa estatura. Aí valem sapatilhas e sandálias.

Blazer com vestido

blazer-com-vestido

Esse jeito de usar o blazer pode parecer óbvio, mas não é. Não estamos falando de usar o casaco do terninho sobre qualquer vestido.

A idéia é tornar mais sério, formal ou elegante aquele vestido que você comprou no impulso. Aquele que ao chegar em casa você se deu conta de que era ousado, muito curto ou informal demais. O blazer reduz o fator piriguete quase que instantaneamente. De quebra o look fica permanece feminino com uma pitada de moderno.

Se ainda achar o vestido muito curto, vale usar meia-calça bem fininha e transparente. Combina com salto alto, maxicolar, brilhos, estampas… O blazer sai do escritório para deixar qualquer um desses itens mais charmosos e menos óbvios.

E aí, viu como é possível se inspirar e reinventar o guarda-roupa de trabalho para desenjoar das peças de sempre? Descobri que tem muita coisa pra falar desse assunto e eles podem aparecer aqui novamente. 🙂

Look de última hora para a Ceia de Natal

Abrir o guarda-roupa de  manhã antes de ir trabalhar e pensar que não tem nada pra vestir é o dilema de todas nós. As gavetas cheias e os cabides pesados parecem não oferecer nada além das mesmas camisas brancas e calças pretas.

Pior ainda é ter uma ocasião diferente ou especial e constatar que na verdade seu armário está cheio de roupas para trabalhar, mas não tem nada além disso.

Se você chegou a essa conclusão hoje, justo quando está procurando o que vestir na Ceia de Natal, ou teve um mês super corrido e não teve tempo para nada, muito menos procurar uma roupa especial para o Natal, não se desespere. Ainda dá tempo de correr às lojas e procurar um vestido, não é mesmo?

Mas sejamos honestas: quem quer fazer isso? Enfrentar filas que parecem não ter fim e se acotovelar em meio às massas que ainda buscam presentes de última hora não parece um programa agradável às vésperas do Natal, quando tudo que a gente mais quer é desacelerar e descansar um pouquinho.

Melhor mesmo é revirar as gavetas e cabides novamente, pode acreditar. Você vai ser surpreender e…

…Achar aquele blusa ou saia que você comprou por impulso, mas não teve coragem de usar para ir trabalhar. Provavelmente porque, quando pensou melhor, achou que era muito chique, muito perua ou mostrava mais do que devia num decote ou comprimento mais curto.

Essa é a hora para elas! Rendas, paetês, transparências, bordados, laços… Combine a blusa com uma saia ou calça bem cortados e invista no salto alto. Quanto mais chique e mais elaborada for uma das peças, mais reta e clássica tem que ser a outra para equilibrar.

Ah, se a saia for cheia e rodada, fica mais festivo ainda…

renda-para-natal

Agora, você revirou o armário todo, mas não achou nada disso. Hmm… o jeito é apelar para os vestidos que você já tem e dar uma cara nova pra eles.

Sim, eu sou sempre a favor dos vestidos para mudar a rotina. Afinal a maioria de nós sempre pega uma calça quando está com preguiça de pensar muito no que vai vestir. Pode ser um pretinho básico ou aquele que você não usa tanto.

Se o tempo permitir e o vestido combinar, acrescente meia-calça preta com salto alto também preto. Deixa o vestido instantaneamente mais arrumadinho. Um cinto de cor vibrante também pode fazer o papel de diferencial, se não quiser optar pela meia-calça.

vestido-para-natal

E para completar, abuse das super, mega e maxi bijuterias. Não tenha receio de usar os brilhos e strass com camisas e vestidos ou empilhar mais de um colar, anel ou pulseiras. É noite e é festa.

Os super colares funcionam até com jeans e camiseta, se a ceia de Natal for em casa, com a família. Qualquer que tenha sido a sua opção, capriche na maquiagem e no cabelo! Faça uma escova diferente ou um coque.

bijuteria-cabelo-maquiagem-natal

Enfim, vou já ali vasculhar o meu armário e minhas bijuterias, porque este ano não tive tempo pra escolher um look com antecedência e vou ter que seguir minhas próprias dicas 😉

Feliz Natal!!!

A polêmica meia-calça no verão

O desfile da coleção de primavera/verão 2014 da Miu Miu apresentou quase todas as modelos usando uma meia-calça mais grossinha com textura e desenhos.

Meia calça no verão?

Mas peraí, não era desfile de verão? Lá vem a polêmica de novo.

É bem verdade que de tanto a gente ver meia-calça opaca sendo usada pra tudo e dona Kate Middleton usando meia transparente sempre que aparece com as pernas de fora, todo mundo começa a questionar e a gente começa a pensar nas possibilidades.

Meia-calça a la Duquesa de Cambridge

O problema é que nosso país é tropical. A primavera aqui, dependendo do lugar pode até ter um ventinho frio, mas não é a maioria. E o verão sempre promete ser quente, muito quente. Então fica difícil imaginar calor, praia, festas de fim de ano e tudo o mais que a gente associa ao nosso verão com a idéia de usar meia-calça.

Mas e o nosso dia-a-dia no trabalho parece com esse verão que a gente vê nas revistas e televisão? Vamos combinar que não é bem assim, né.

A maioria de nós trabalha com o ar condicionado ligado o tempo todo e a meia-calça continua indo para o escritório sim, pois ela continua tendo a função de manter a elegância com um terninho ou um vestido. Além disso, elas escondem pequenas manchas e deixam as pernas mais longas e delineadas.

A indústria já se adaptou ao mercado brasileiro há muito tempo. Hoje em dia existem meias finíssimas, com tramas mais abertas, feitas com materiais próprios para o calor e até sem costuras nas pontas.

A meia-calça certa para ir trabalhar no verão é justamente essa que vai parecer que você não está usando nada. Experimente as meias no dorso da sua mão e escolha uma com o tom exato da sua pele, evitando as que tem lycra na composição para fugir do brilho.

Como todo ambiente de trabalho mais formal, independente se é verão ou não, evite as coloridas, estampadas e rendadas. Meias pretas para o verão brasileiro, também é melhor evitar. 🙂