Trend Alert: Primavera 2016

A Vogue.com publicou o relatório de tendências da Primavera 2016 e eu vim aqui correndo contar para vocês! Vamos lá:

“Qual a melhor forma de resumir o espírito que surgiu de todos os desfiles da Primavera 2016? Em uma única palavra: profusão.”

Como assim? Profusão quer dizer abundância; em grande quantidade; esbanjamento – E é sobre isso que a Vogue fala…A bola da vez é o maximalismo!

E com esse banquete todo visual, nada melhor do que um relatório de tendências para nos ajudar a entender o que melhor faz sentido e o que apostar. Afinal nada pior do que se empolgar e comprar um monte de coisa que acaba parada no nosso guarda-roupa, não é mesmo?

Lingerie Inspired

Já foi tendência em algumas estações passadas e voltou com tudo, os vestidos inspirados em camisolas são tendência e vale ficar de olho! Dica: Evite usar no escritório, deixe para os dias de lazer.

lingerie_inspired

Romantismo

Os vestidos leves no estilo ladylike, com rendas e estampas florais são a cara da primavera.

romantismo

Brilho

Diversos vestidos em lantejoulas e outros materiais com brilho foram a aposta de diversdas grifes. Fique ligada!

brilho

Ombro a ombro

E lá vem os ombros à mostra novamente! Eu havia mostrado essa tendência em agosto e tudo indica que veio para ficar! Esse decote sai do casual e é sexy na medida.

ombro_a_ombro

Jeans

O jeans apareceu em diversos desfiles e de diversos padrões. Seja ele rasgado, com recortes, bordados ou até estampado. Escolha o que mais combine com você!

jeans

Clássico Latino

Seja Michael Kors, Oscar de la Renta ou J.W.Anderson…todos foram inspirados pela dança flamenca. Aposto nos babados, nas golas e nas camadas!

latino

Tie-Dye

O tingimento tie-dye foi clássico nos anos 70 e sucesso entre os hippies; Hoje em dia a estampa aparece mais elaborada e sofisticada. Você pode encontrá-la nos vestidos Joseph Altuzarra e até no desfile de Valentino.

tie-dye

Prata

O prata saiu dos acessórios para ir para vestidos, blusas e jaquetas. Com efeito mohado ou até de “vidro quebrado”, o prata virou o novo preto.

brilho

Listras

Horizontal ou vertical, fina ou grossa, monocromática ou colorida…as listras são o floral desta primavera!

listras

Entre todas as tendências apresentadas acima, você tem uma preferida?

 

 

 

Inspiração na Semana de Moda de Nova York – Inverno 2014/15

Quando termina uma semana de moda e logo começa outra é o exato momento em que eu percebo que a correria já começou e está a pleno vapor. Sinto que já aconteceu um monte de coisas e é necessário fazer um resumão para seguir em frente e não perder informação.

Segui algumas blogueiras em Nova York e agora viajo com elas para Londres, onde a Semana de Moda começa hoje. Alguns desfiles me chamaram atenção e acho que mais do que tendências ou se restringir ao que vende no Brasil, eles podem ser pura inspiração para o nosso dia-a-dia. Tem muita alfaiataria pra ficar bonita e elegante no escritório, conforto nas modelagens maximizadas e truques de estilo nas sobreposições inteligentes.

Hugo Boss

desfile-hugo-boss-nyfw-2015

A marca bem conceituada não fazia um desfile há 20 anos. Jason Wu foi lá e lembrou em cheio o caráter da grife: a mulher de negócios que alcançou o sucesso, muito obrigada. A inspiração dos ternos masculinos é óbvia no corte e na utilização da lã, mas deixou um ar poderoso e de autoridade incontestável.

Destaques para o comprimento das saias e vestidos abaixo dos joelhos e o uso de loafers no lugar do scarpin de salto. O fechamento do blazer com cinto em uma das laterais e fivela é um daqueles detalhes que a gente pode procurar nas lojas ou mandar fazer. Assim como o vestido-colete, que é uma ótima alternativa para os terninhos e os vestidos tubinho que todo mundo está cansado de ver no trabalho.

A surpresa ficou para a saia lápis, que ganhou estampa xadrez digitalizada e subiu a cintura para fazer par com o top cropped. Quem diria que a blusa curtinha poderia ir trabalhar, não é mesmo?

3.1 Phillip Lim

desfile-phillip-lim-nyfw-aw

Nessa coleção o trabalho do artista italiano Agostino Bonalumi foi transformado em estampas abstratas com blocos de cores e motivos florais. A silhueta relaxada está presente novamente nos maxitricôs, nas calças amplas e no blazer com lapelas exageradas. Até o xadrez do terno nada convencional tem clima tranquilo com suas linhas bem espaçadas. As cores pastéis dão leveza aos tons escuros da proposta de inverno.

Inspiração nos detalhes para adicionar na memória e no guarda-roupa: quero uma camisa com estampa abstrata, mas bem feminina para alegrar a vida das calças pretas; saia abaixo do joelho em tecido fluido usada com um belo tricô substitui lindamente o conjunto de saia-lápis e camisa; o jeito de deixar o tricô mais belo e marcante é ser folgadinho e ter babados.

Mas o look desejo total foi o conjunto de blazer com abotoamento duplo e a calça de alfaiataria com estampa xadrez que se complementam em cores invertidas. Talvez eles não fossem tão absurdamente elegantes se não tivessem essa proporção maximizada nos lugares certos.

Theory

desfile-theory-ny-outono-in

Olivier Theyskens acertou nas sobreposições. Não viu? Então é justamente porque elas passam despercebidas de tão leves. Talvez porque ele tenha usado transparências e tecidos molinhos por baixo dos tricôs mais pesados que serão a outra tendência da estação.

Não tem como não desejar um blazer que termina acompanhando o movimento levemente godê da saia e se confunde com um vestido ultrafeminino. Fique também pensando em como achar uma saia transparente, no melhor estilo das antigas anáguas, só para usar embaixo de alguma saia reta, cinza e que antes era totalmente sem graça. Melhor jeito de usar a alfaiataria de um jeito tão ladylike, ou usar transparência no trabalho.

terno-camisa-victoria-beckh

No mais, um look perdido ou diria escolhido a dedo, no desfile da Victoria Beckham. O blazer é esse casaco comprido de linhas retas e fluidas. Amarrado na cintura com um lacinho por dentro, ele é cheio de bossa. Daí você usa por cima de uma clássica camisa branca, mas que não tem uma gola propriamente dita, imita a continuidade da lapela do casaco… Não é nem peça desejo. É sonho de acordar e sair para trabalhar se sentindo leve, chique e elegante, totalmente sem esforço.

Preto e branco é chique sempre

Oscar de la Renta, Carolina Herrera, Moschino, Alexander Wang, Narciso Rodriguez, Jean-Pierre Braganza

A combinação de preto e branco ou monochrome, como é conhecido lá fora, invadiu as passarelas, ruas e lojas esse ano. É tendência tão forte que passou deste verão para o próximo outono/inverno.

Mas não pense que ela se restringiu ao nosso velho terninho preto com camisa branca. A dupla veio em modelagens inusitadas, silhuetas diferentes, estampas, grafismo e claro, acessórios. Apareceu até na febre fashionista da calça do Beetlejuice.

Não precisa ser liso e monótono

Eu vejo como uma ótima oportunidade de usar aquelas peças básicas de sempre, e de quebra tentar algo diferente. Isso porque eu acho que o preto e branco é um clássico que vai em qualquer lugar e apesar de ser tendência forte, nunca sai de moda de verdade.

Blazer, jaquetas e acessórios brancos

É a chance de tentar arriscar aquele blazer ou jaqueta branca que eu sempre tenho dúvida ou um acessório que eu pensei que podia ser uma peça restrita e agora parece ter mais lugar.

A vez do sapato e bolsa branca?

A calça ou saia branca também funciona bem pra mudar um pouco. Mas vale prestar atenção no corte da peça pra não marcar o que não deve. Não use nada muito justo e aproveite a ilusão da listra preta lateral que alonga e emagrece.

A parte de baixo do look pode ser branca sim

Faça o teste na frente do espelho, se você inovar na combinação ou no jeito que monta o look, veja como a imagem final é de mais auto-confiança e autenticidade.

A moda das lentes cor-de-rosa

Pink é o que todos estão falando no momento. As passarelas internacionais das últimas semanas mostraram todo os tons possíveis da cor e combinações das mais variadas.

As fashionistas antenadas também já estavam desfilando a tendência para os fotógrafos na saída dos shows.

Fashionistas em pink

Tudo muito lindo e feminino nas fotos, mas como usar no dia-a-dia e alegrar o look de ir trabalhar sem parecer uma boneca Barbie, uma vítima da moda ou um chiclete ambulante?

A primeira coisa é optar pelas nuances menos vibrantes, tais como o rosa pálido e os tons que se aproximam do nude ou rosa antigo. Por serem mais discretos, eles são mais fáceis de combinar e podem se tornar verdadeiros coringas no time das peças neutras.

Jonathan Saunders, Temperley and J JS Lee

O segundo passo é traduzir os looks que a gente tanto admira para as peças que a gente tem. Por exemplo, uma das coisas que mais fizeram sucesso lá fora foi o casaco rosa. Como o clima do Brasil não permite, o negócio é adaptar para cardigãs fininhos e blazers, mas manter a idéia do que usar por baixo.

Combine com branco, azul marinho, estampas florais e outros tons de rosa e cores pastéis.

Como usar blazer ou casaco rosa

Uma alternativa para os casacos, assim como nas estampas florais, é usar rosa na parte de baixo, sendo a saia o jeito mais fácil e mais discreto do que a calça, que por ser uma peça maior chama muito mais atenção.

Como usar saia rosa no trabalho

Se você não é fã da idéia ultra-feminina no guarda-roupa, ainda pode usar a cor com conceitos mais gráficos, minimalistas ou ainda elementos do guarda-roupa masculino.

Rosa não tão feminino assim

E se nada disso funcionar, tem sempre a saída dos acessórios. Bolsas, sapatos e colares representam bem a tendência, sem mexer tanto no guarda-roupa que você já tem além de serem muito versáteis para compor o diferencial de outros looks.

Pink no detalhe

Imagens via: Vogue, Fabsugar, Style tracker, Candice Lake, Pinterest