Outubro Rosa: Entre nesta moda

O Outubro Rosa é uma campanha de conscientização ao câncer de mama realizada no mundo inteiro. Através de milhares de marcas e entidades que abraçam a causa, o objetivo é alertar as mulheres (e seus familiares) sobre a importância da prevenção e do auto-exame para um diagnóstico precoce.

Portanto, durante todo este mês ocorre diversas atividades focadas para nós mulheres, como corridas, mamografias sem custo, doações, etc. Vale muito a pena ficar por dentro!

Pensando no lado da moda, muitas marcas apoiam a causa de uma maneira bem legal. A Dudalina, por exemplo, desenvolveu 13 camisas em tons de rosa – todas têm o laço rosa, símbolo mundial da luta contra o câncer de mama, e um botão Swarovski, que virou parceiro deles para essa ação.

E não ficou só nisso, o lucro das vendas serão revertidos para instituições que cuidam do diagnóstico precoce e do combate ao câncer de mama. A empresa também pagou exames de prevenção para todas as funcionárias da marca que estão acima dos 40 anos (idade recomendada para a mamografia).

dudalina-outubro-rosa

A estilista Stella McCartney também está fazendo a sua parte, ela lançou uma linha de lingerie em rosa pink com intuito de ‘lembrar’ as mulheres da importância de estarem atentas e irem ao médico regularmente.

stella_mccarteney_outubro_rosa

Outra ação muito bacana também foi a do Hopsital Israelista Albert Einstein, que como todo ano promove uma campanha de conscientização e prevenção. Esse ano o hospital promoveu um desfile com pacientes em tratamento e já curados da doença. Marcas como Arezzo, Clinique e Martha Medeiros colaboraram com a ação. O centro de Oncologia também ficou iluminado na cor rosa!

Se você ainda não abraçou a causa, ainda há tempo! Se você ou algum familiar acima de 40 anos ainda não realizou a mamografia é hora de procurar o médico. Lembre-se de sempre fazer o auto-exame, a prevenção e o diagnóstico precoce aumentam muito mais as chances de cura. E se você ou alguém conhecido está passando por esse momento difícil, há vários centros de apoio ao paciente e à família.

Além disso, você também pode colaborar com a campanha comprando os produtos que as marcas lançam durante esse período. E vou além, use e abuse do rosa (além de ter aparecido em vários desfiles nas principais capitais de moda – a coleção da grife Carolina Herrera está fantástica!) você ajuda a fixar a campanha na mente das pessoas!

carolina_herrera

outubro_rosa_inspiracao

Eu faço parte do #outubrorosa, e você?

Anúncios

Londres Fashion Week: TopShop Unique

A Topshop é uma marca inglesa de high street extremamente popular e, eu diria, ícone do país – principalmente de Londres.

Se você já teve a oportunidade de visitar a cidade irá concordar comigo…as vitrines da marca representam perfeitamente o estilo das inglesas!

Andando pelas ruas é muito fácil perceber essa identidade e como as suas consumidoras adoram essa ‘coisa’ de misturar tudo em um look só. E essa arte elas dominam muito bem e ficam extremamente estilosas!

A Topshop já foi ícone de todas as adolescentes inglesas. Desde a época do high school até o college, todas (sem exceção) irão falar que o guarda-roupa era quase 100% da marca.

No entanto, como apresentado durante a fashion week primavera-verão 2016, parece que a marca quer mesmo continuar acompanhando essas mulheres por mais algumas gerações e trouxe para a passarela ‘looks com ar de crescidinho’, o que garante bastante inspiração aqui para o Escritório Digno.

topshop

Os blazers leves são perfeitos para o verão e para nos acompanhar ao escritório! Reparem que a cintura marcada com cinto ou nos detalhes de abotoamento vieram com tudo e dão forma a silhueta.

topshop2

As calças cropped e as saias lápis também entraram no repertório. Gosto bastante das camisas com um ar mais despojado e não tão certinha ao corpo – só cuidado com a quantidade de botões que irá abrir! Hehe.

topshop4

A fenda apareceu tanto nas saias como nos vestidos e dão um ar mais sexy ao look. Os tecidos de caimento leve se misturaram com texturas como o couro e a pele. Dica: invista em peças de couro ou sintético colorido para o verão, eles estarão em alta!

topshop4

E o que falar das estampas? Acho que a Topshop escolheu dois clássicos: o floral e o animal print, eles nunca saem de moda e são bem aceitos no ambiente de trabalho, até mesmo nos mais formais.

No geral, a coleção primavera-verão da Topshop não mostrou muitas novidades, mas fez com eficácia o que eles estão acostumados a fazer, que é o mix de estampas e materiais.

Também achei que foi apresentado uma coleção mais madura e elegante, que na minha opinião, está aprovadíssima! E vocês, o que acharam?

Camisa branca de cara nova!

Atire a primeira pedra quem não ama uma camisa branca! Elas são peças essenciais no armário de qualquer mulher que trabalha fora. São versáteis, práticas e transitam muito bem de uma ocasião formal para um evento casual.

As camisas brancas nunca saíram de moda, no entanto agora são a bola da vez! (Como mostrei no post anterior sobre o as top trends de streey style na semana de moda de NY) e estão vindo por aí com cara nova.

O estilista Sandro Barros fez uma parceria exclusiva com o Shop2gether e criou uma coleção capsula de camisas brancas para o e-commerce.

A coleção foi batizada de “Ladies Who Lunch” e foi inspirada em mulheres ícones de moda e de diferentes gerações. São elas: Costanza Pascolato, Renata Moraes, Maythe Birman, Tania Derani, Sabrina Gasperin, Lalá Rudge e Helena Bordon.

Para o lançamento, Sandro promoveu um almoço em seu ateliê onde apresentou as peças e disse que procurou traduzir o estilo e personalidade das homenageadas em cada camisa.

A coleção estará disponível a partir de outubro tanto no site do Shop2gether quanto no ateliê do estilista e está de arrasar, olhem só:

camisas_brancas_para_trabalhar

Na foto acima, as camisas foram inspiradas na Maythe, Renata e Costanza.

De básicas, essas camisas não têm nada! São cheias de detalhes que fazem toda a diferença na hora de compor o look. Eu, particularmente, estou apaixonada pela primeira camisa e acho que essa parte ajustada nas mangas e no quadril dão um caimento perfeito.

camisas_Sandro_Barros

Já as camisas acima são inspiradas na Lalá Rudge, Sabrina e Tania e estão cheias de recortes e texturas. Realmente a coleção ficou linda e acho que o Sandro conseguiu transmitir muito bem o estilo de cada uma.

O que mais gostei é que essas camisas não são ‘apenas camisas brancas’, elas estão super diferente que mesmo que se comprássemos todas não íamos ficar com o armário lotado de roupas iguais!

Agora basta saber o preço, mas isso ficaremos esperando ansiosas até a inauguração oficial no site!

Um pouco mais sobre o estilista:

“Nascido em Itapetininga, no interior de São Paulo, Sandro Barros manifestou desde garoto o talento que o celebrizaria. Apaixonado por ópera, sua vocação se mostrou imediatamente ser a criação de um guarda-roupa para mulheres que jamais passarão despercebidas, divas da realidade que transitam por grandes cenários em busca da realização de seus sonhos. Antes de abrir sua própria marca, Sandro foi estilista da Daslu Couture por nove anos. ”

Semana de Moda de Nova York: saiba o que as fashionistas usaram!

A semana de Moda Primavera-Verão de Nova York acabou ontem, mas as inspirações de street style continuam a todo vapor!

Nesse período, o mundo da moda coloca os olhos não somente para os desfiles de estilistas consagrados e estreantes, mas também para o que as estrelas do street style andaram usando.

Por esse motivo, muitos dos looks vistos nas ruas acabam virando tendência e ditando moda tanto quanto as coleções propostas dentro das passarelas.

Eu, particularmente, considero os sites de street style de extrema inspiração e toda vez que quero compor um look de um jeito diferente, certamente gasto alguns minutinhos (ou horas!) olhando esses sites e me encantando com cada foto.

Acompanhando a semana de moda, eu fui reparando em alguns ‘padrões’ que apareceram diversas vezes ao decorrer dos 7 dias e decidi listá-los aqui para vocês.

Tons de mostarda e amarelo

NYFW_streetstyle_amarelo

Os tons de mostarda e amarelo apareceram para iluminar os dias nubaldo durante a semana e, olhando para o futuro, combinam super bem com o clima Primavera-Verão.

O mostarda é um tom ‘mais sóbrio’ e pode entrar no guarda-roupa de trabalho sem problema algum. Já o amarelo ovo é um tom que chama muita atenção e não fica adequado quando o escritório pede um dress code mais formal. No entanto, é um trend alert que vale prestar atenção!

Barra da calça dobrada

NYFW_streetstyle_barradobrada

Essa não é mais nenhuma novidade, mas é uma dica de styling super preciosa que dá um charme extra ao look. Lembre-se: são os detalhes que fazem a diferença.

Não dobre a barra muito certinha, a parte cool é deixá-la ‘perfeitamente desarrumada’.

Camisa branca

NYFW_streetstyle_camisa_branca

A camisa branca é um clássico no guarda-roupa de quem trabalha em escritório! Na semana de moda as fashionistas usaram tanto em looks mais ‘formais’ quanto em looks mais despojados, combinado- as com jeans.

Dica de styling: dobre as mangas e deixde um ou dois botões abertos.

Jeans com Jeans

NYFW_streetstyle_jeans

A combinação jeans com jeans continua em alta e está livre daquela regrinha ‘use dois tons diferentes’…agora a regra é não ter regra!

O jeans foi visto inclusive nos acessórios, como sapatos e bolsas! Se você ainda não experimentou usar denin em nada que vá alem de calças e camisas, dá uma olhadinha na minha seleção nesse post aqui.

Navy

navy_street_style

Várias it girls desfilaram looks inteiros navy, outras combinaram a cor com branco. Fique ligada, o azul marinho pode virar o novo preto!

Branco

NYFW_streetstyle_branco

O branco total foi visto muito nas ruas (e também nas passarelas), portanto, essa é uma tendência que estará tomando conta das vitrines. No escritório, todo cuidado é pouco! O branco é uma cor que pode marcar a silhueta e acabar mostrando o que não queremos. Além disso, muito cuidado com a escolha da lingerie – os tons de nude são as cores adequadas, nunca use lingerie branca por baixo de roupas brancas ( o efeito é devastador!)

Para não ser confundida com algum  profissional da área da saúde, combine as peças brancas com acessórios coloridos e de peso.

Preto

NYFW_streetstyle_totalbalck

Porque afinal fashionista que se preze não abandona o seu look total black não! No entanto, no dias de verão do nosso país tropical, ‘fashionista que se ama’ evita a cor…fica a dica!

 

E vocês, repararam em outras tendências de street style por aí? Conta pra mim nos comentários! =)

O melhor das tendências do outono/inverno europeu para usar no escritório

Estamos quase no fim do nosso inverno mas as temperaturas ainda não se estabilizaram (uma hora achamos que já estamos no verão, outra achamos que o inverno não vai acabar) e nesse ups and downs ficamos sem saber o que vestir para trabalhar, afinal, muitas vezes temos as 4 estações em um só dia não é verdade?

Por esse motivo decidi criar uma seleção com as melhores tendências do outono/inverno europeu para serem usadas por aqui agora e quando a próxima estação chegar!

E o que temos? Looks compostos por camadas, coletes, calças amplas…uma variedade para todos os gostos e estilos! Viva a moda, por ser democrática e nos permitir brincar com as tendências e ainda assim nos ajudar a passar uma imagem profissional.

O segredo é: escolha o que mais combina com o seu corpo, sua personalidade e o seu ambiente de trabalho. Se sentir confortável e adequada para a ocasião levanta a alma e não há quem não repare na sua elegância.

Minimalismo

Visto em muitos desfiles, as roupas com design minimalistas e de corte reto são perfeitas para o escritório. Essas peças adicionam elegância e simplicidade…aquele linha ‘chique sem esforço’ é perfeita e peças atemporais adicionam mil pontos no nosso armário.

minimalismo

O poder dos ombros

Os ombros exagerados caíram com tudo no gosto dos europeus. Para não fazer feio, mantenha o restante do look simples para não virar um caricato dos anos 80.

ombros

Camadas

Para manter a linha minimalista e o tom ‘profissional’ no escritório, use as camadas nos tons da mesma paleta de cores. Se investir em camadas, contenha-se no uso de acessórios e opte pelos discretos.

Aqui, em particular, peguei referências de peças que podem ser usadas nos dias mais quentes, mas individualmente podem ser usadas com outras combinações.

camadas

Calças amplas

As calças amplas já vieram com muita força em quase todos os desfiles, seja no estilo culotte (mais curtas na barra) ou longas elas são perfeitas para complementar o look sem muito esforço, pois por si só já chama atenção.

calcas_amplas

O que acharam dessas tendências?

Lembrando que todas as imagens que usei como referência são de diversas marcas e estão todas no site da Dafiti.

Brasileiros em Londres e um pulinho em Milão

A Semana de Moda de Londres passou e todo mundo estava ansioso para ver como os brasileiros Lucas Nascimento e Barbara Casasola iam se sair. É que dá uma pontinha de satisfação e orgulho em saber que tem gente nossa acontecendo lá fora, não é mesmo?

E eles fizeram bonito. Não tem como negar.

Lucas Nascimento

lucas-nascimento-inverno-20

Confesso que num primeiro instante esperava um pouco mais daquele ar futurista dos desfiles anteriores. Então vi que na verdade, Lucas Nascimento me surpreendeu. Ele trouxe de novo seu trabalho incrível com couro e tricô, mas com modelagens retas e amplas, com um pouco menos de estrutura do que antes, mas definitivamente com mais balanço. Principalmente nas calças larguinhas e com pregas.

Além disso, a coleção dele me fez lembrar que os tons neutros não precisam ser o preto, cinza e azul-marinho do nosso guarda-roupa profissional de todo dia. Eles são neutros e coringas sim, mas podem ser vibrantes e cheios de novidade. É só olhar para os vários tons de verde que ele combinou com vinho, cinza e preto. Destaque para a calça em amarelo quase mostarda: é a dica de como usar amarelo para ir trabalhar. Dá vida instantânea para qualquer look, desde que não seja combinado com preto.

Barbara Casasola

barbara-casasola

O desfile da Barbara trouxe coisas bem interessantes! As transparências com certeza foram o ponto mais forte para mim. E apesar de muitos acharem que não dá pra usar no trabalho, o truque de styling do look do meio é perfeito para o escritório. Use uma camisa branca por baixo do blazer transparente e voilá! Lindo, diferente e elegante sem ser vulgar.

Fora isso, as transparências da Barbara só vão mesmo para as festas e coquetéis do trabalho, desde que muito bem acompanhadas de uma regatinha ou vestido simples por baixo.

Mas olha só como ela mostra o jeito de usar meia-calça neste país tropical: preta e finíssima com scarpin clássico. Vai com o vestido azul marinho e com o terninho rosa antigo, que aliás são duas ótimas opções para variar as roupas para trabalhar.

Agora, deixando a satisfação de ser brasileiro numa hora dessas e olhando para um grande clássico da Semana de Moda de Milão, não tem como não babar no desfile da Gucci.

gucci-inverno-2014

Foi difícil escolher só cinco fotos pra colocar aqui. Recomendo ir lá no site da Lilian Pacce e olhar o desfile todo se você não viu ainda.

Anos 60 sem ser caricato. Uma mulher profissional e feminina ao mesmo tempo. Os looks mostram sim o empoderamento da mulher independente sem perder a sensibilidade que nos é tão característica.

Quero pra ontem um terninho lavanda, óculos de armação e lentes esverdeadas, e essas camisas de babadinhos fofíssimas. Nem precisam ser de couro também, porque afinal nosso inverno não é lá tão frio assim.

Se inspirar nos desfiles é bom, mas às vezes dá uma vontade absurda de poder ter todos os looks! O jeito é correr para a costureira ou garimpar as lojas para achar os nossos equivalentes, não é mesmo?

Inspiração na Semana de Moda de Nova York – Inverno 2014/15

Quando termina uma semana de moda e logo começa outra é o exato momento em que eu percebo que a correria já começou e está a pleno vapor. Sinto que já aconteceu um monte de coisas e é necessário fazer um resumão para seguir em frente e não perder informação.

Segui algumas blogueiras em Nova York e agora viajo com elas para Londres, onde a Semana de Moda começa hoje. Alguns desfiles me chamaram atenção e acho que mais do que tendências ou se restringir ao que vende no Brasil, eles podem ser pura inspiração para o nosso dia-a-dia. Tem muita alfaiataria pra ficar bonita e elegante no escritório, conforto nas modelagens maximizadas e truques de estilo nas sobreposições inteligentes.

Hugo Boss

desfile-hugo-boss-nyfw-2015

A marca bem conceituada não fazia um desfile há 20 anos. Jason Wu foi lá e lembrou em cheio o caráter da grife: a mulher de negócios que alcançou o sucesso, muito obrigada. A inspiração dos ternos masculinos é óbvia no corte e na utilização da lã, mas deixou um ar poderoso e de autoridade incontestável.

Destaques para o comprimento das saias e vestidos abaixo dos joelhos e o uso de loafers no lugar do scarpin de salto. O fechamento do blazer com cinto em uma das laterais e fivela é um daqueles detalhes que a gente pode procurar nas lojas ou mandar fazer. Assim como o vestido-colete, que é uma ótima alternativa para os terninhos e os vestidos tubinho que todo mundo está cansado de ver no trabalho.

A surpresa ficou para a saia lápis, que ganhou estampa xadrez digitalizada e subiu a cintura para fazer par com o top cropped. Quem diria que a blusa curtinha poderia ir trabalhar, não é mesmo?

3.1 Phillip Lim

desfile-phillip-lim-nyfw-aw

Nessa coleção o trabalho do artista italiano Agostino Bonalumi foi transformado em estampas abstratas com blocos de cores e motivos florais. A silhueta relaxada está presente novamente nos maxitricôs, nas calças amplas e no blazer com lapelas exageradas. Até o xadrez do terno nada convencional tem clima tranquilo com suas linhas bem espaçadas. As cores pastéis dão leveza aos tons escuros da proposta de inverno.

Inspiração nos detalhes para adicionar na memória e no guarda-roupa: quero uma camisa com estampa abstrata, mas bem feminina para alegrar a vida das calças pretas; saia abaixo do joelho em tecido fluido usada com um belo tricô substitui lindamente o conjunto de saia-lápis e camisa; o jeito de deixar o tricô mais belo e marcante é ser folgadinho e ter babados.

Mas o look desejo total foi o conjunto de blazer com abotoamento duplo e a calça de alfaiataria com estampa xadrez que se complementam em cores invertidas. Talvez eles não fossem tão absurdamente elegantes se não tivessem essa proporção maximizada nos lugares certos.

Theory

desfile-theory-ny-outono-in

Olivier Theyskens acertou nas sobreposições. Não viu? Então é justamente porque elas passam despercebidas de tão leves. Talvez porque ele tenha usado transparências e tecidos molinhos por baixo dos tricôs mais pesados que serão a outra tendência da estação.

Não tem como não desejar um blazer que termina acompanhando o movimento levemente godê da saia e se confunde com um vestido ultrafeminino. Fique também pensando em como achar uma saia transparente, no melhor estilo das antigas anáguas, só para usar embaixo de alguma saia reta, cinza e que antes era totalmente sem graça. Melhor jeito de usar a alfaiataria de um jeito tão ladylike, ou usar transparência no trabalho.

terno-camisa-victoria-beckh

No mais, um look perdido ou diria escolhido a dedo, no desfile da Victoria Beckham. O blazer é esse casaco comprido de linhas retas e fluidas. Amarrado na cintura com um lacinho por dentro, ele é cheio de bossa. Daí você usa por cima de uma clássica camisa branca, mas que não tem uma gola propriamente dita, imita a continuidade da lapela do casaco… Não é nem peça desejo. É sonho de acordar e sair para trabalhar se sentindo leve, chique e elegante, totalmente sem esforço.

Cate Blanchett também ensina como se vestir para trabalhar

A premiação do Globo de Ouro 2014 foi essa semana e Cate Blanchett ganhou como Melhor Atriz por sua atuação em Blue Jasmine.

A nova musa de Woody Allen apareceu no tapete vermelho usando um vestido preto de tule e renda delicadíssimos da Armani Privé. A atriz admirada por nunca esconder sua idade e estar sempre elegante, arrasou como sempre e ainda surpreendeu com o decote profundo nas costas. Não precisava de mais nada, além das jóias discretas de brilhantes.

cate-blanchett-globo-ouro-2014
Mas não foi pra falar do vestido do red carpet que estamos aqui. Vamos falar mesmo é do figurino de Cate em Blue Jasmine.

No filme ela interpreta Jasmine, uma socialite de Nova York que é obrigada a mudar para a casa da irmã em São Francisco após seu marido (Alec Baldwin) ser preso e ter toda sua fortuna confiscada. Deprimida, neurótica e ainda sem acreditar no novo rumo que tomou sua vida, ela tenta recomeçar.

Tudo que lhe restou da vida que tanto apreciava é o guarda-roupa impecável. É com suas roupas de marcas luxuosas como Chanel, Missoni, Alberta Ferretti e Roger Vivier que ela tenta manter a sanidade, mantendo as aparências. Nos momentos de pânico e desespero, o penteado sai do lugar, suas roupas amassam ou mancham e a tábua de salvação de Jasmine é se agarrar na bolsa Hermès Birkin quase como um escudo.

blue-jasmine-casaco-chanel
Mas a Jasmine de Cate Blanchett não só usa as roupas certas, ela usa do jeito certo.

As combinações de cores são sempre neutras e em tons pálidos ou pastéis. Perfeitas para combinar as suas camisas de seda rosa, amarelo ou verde clarinho com qualquer saia ou calça do armário. Cores que também ficam perfeitas com o azul marinho ou as várias nuances de marrom, caramelo e bege de seus acessórios.

A camisa branca que aparece logo abaixo mostra um ótimo truque para variar este clássico do guarda-roupa. O comprimento da manga é logo acima do cotovelo, o que diferencia muito das camisas de manga comprida ou as curtinhas que a gente vê em todo lugar. Além disso, é perfeita para quem está começando a se preocupar em esconder as gordurinhas do braço.

cate-blanchett-camisa-blue-jasmine
O cardigã é outro truque de Jasmine para compor seus looks com uma terceira peça e não cair no óbvio blazer. O da foto acima tem o comprimento mais curto, mas é enfeitado com bordados delicados e femininos, o que garante que ele possa transitar tranquilo num ambiente de trabalho mais formal.

Já o cardigã que Cate usa com os vestidos é um estampado em tons terrosos e com detalhes em rosa neutro. Mostrando como é possível usar estampa sem parecer informal demais ou tornar a peça marcada. Ainda dá pra aproveitar as cores da estampa para realçar outras partes do visual como o cinto ou detalhe de outra cor no vestido.

blue-jasmine-cardiga-missoni
Uma das maiores lições que o filme traz de como se vestir bem não está somente no uso das cores claras e peças clássicas bem cortadas. A imagem de sofisticação de Jasmine vem muito da atuação de Cate Blanchett, ou seja atitude e postura, mas também em como ela usa seu cabelo, maquiagem, unha e bijuterias.

O cabelo tem comprimento médio e está sempre muito bem penteado. A maquiagem é cuidadosa e leve, apenas realçando os traços e sem marcar. Nos olhos um esfumado discreto em marrom e rímel, enquanto que nas bochechas e lábios os tons são rosados, mas neutros e próximos das cores naturais de seu próprio rosto.

blue-jasmine-cate-blanchett-maquiagem
Os brilhos aparecem apenas em suas jóias e bijuterais que também são o exemplo perfeito de sofisticação e profissionalismo quando pensamos nos escritórios mais formais e exigentes.

Os brincos são pequenos e discretos. O colar apesar de comprido também é fino, sem muitos pingentes ou detalhes que possam pesar ou, pior, fazer barulho. Além disso combinam com qualquer roupa e podem ir das reuniões a um almoço ao ar livre. Ou eventos e festas.

Aliás, Jasmine também dá o exemplo de como manter a imagem até nos eventos mais chiques sem perder a sofistação:

cate-blanchett-blue-jasmine
Ela vai do vestido vermelho ao look paetizado e dourado, sem nunca parecer demais. É só prender o cabelo num coque baixo e manter a maquiagem leve, ainda que mais festiva. As jóias ou bijuterias também realçam, mas não aparecem mais do que a cor vibrante ou o brilho e textura da roupa. São complementos ao invés do personagem principal.

Não é à toa que Cate Blanchett ganhou mais um prêmio de cinema. Até no guarda-roupa eles acertaram! E você, está esperando o que para ir ver o filme e aprender um pouco mais? 😉

Desejos de Natal que podem ir trabalhar

É quase Natal e eu ainda tenho muitos desejos. Alguns podem se realizar e vão ser grandes presentes e outros podem ser considerados bem fúteis. Mas não acho que sejam bobos, porque com certeza me deixariam feliz. Às vezes é isso que importa, não é mesmo?

Foi assim que me senti esses dias quando passeava por um site de notícias de moda e vi a coleção pré outono-inverno 2014 da Erdem. Era uma peça mais linda do que a outra e se eu pudesse ganhar algumas daquelas peças eu ficaria bem feliz.

Opa! Você nunca ouviu falar desse designer? Nem eu, confesso. Mas o trabalho dele me impressionou tanto que eu fui pesquisar um pouco mais.

Looks-festa-Erdem

Erdem Moralioğlu nasceu em Montreal, no Canadá , mas é filho de pai turco e mãe inglesa. Daí o nome diferentão. Apesar de não ser conhecido por mim e por muitos no Brasil, ele foi estagiário de Vivienne Westwood e trabalhou ao lado de Diane von Furstenberg. Em 2005 ele lançou sua própria marca em Londres e dois anos depois já ganhou prêmio do British Fashion Council. Erdem agora tem sua marca vendida em mais de 50 lojas de luxo pelo mundo, incluindo Barney‘s nos EUA e SelfridgesHarvey Nichols e Liberty em Londres.

Apesar de serem obviamente marca de luxo e terem um tom quase festivo, as roupas feitas por Erdem na verdade me deram muita inspiração. Não só para ficar imaginando alguma festa ou jantar em que eu possa usar um vestido metalizado ou um conjunto de calça e blusa paetizados. Por incrível que pareça essa coleção me deu um monte de idéias para melhorar o guarda-roupa de ir trabalhar.

Olha só essas fotos:

erdem-blusas-para-trabalhar

Na primeira foto dá pra ver uma idéia ótima de como usar renda para ir trabalhar sem que a peça pareça muito apelativa ou em excesso, pois incrivelmente a blusa parece mais formal. O corte tipo camiseta com mangas um tantinho mais compridas, a cor neutra e o tipo de renda mais fechada, sem um fundo muito aparente ou contrastante garantem a seriedade da peça.

A camisa branca da segunda foto é o exemplo perfeito de como uma idéia bem batida e usada ainda pode ser inovadora. Além disso, tem um ar bem fresquinho apesar da gola alta. Perfeita para o verão e para mudar a cara de uma calça simples qualquer.

A terceira foto mostra como um casaco ou jaqueta aparentemente mais esportivo pode substituir perfeitamente um blazer e mudar o tailleur de sempre. A jaqueta em couro macio tem corte mais sequinho e acompanha uma saia bordada em tom pastel. Mas veja que a cor da jaqueta é sóbria sem ser preta ou azul marinho. Aliás, o preto não é a cor mais adequada neste caso, pois deixaria a jaqueta mais esportiva. Melhor escolher tons complementares como na coleção da Erdem.

O último look é para os ambientes menos formais e para as mulheres que querem variar um pouco mais. Seria também uma ótima roupa para casual friday. A dupla de saia rodada e moletom é a combinação tendência do momento! Pra garantir que o visual seja adequado ao trabalho, Erdem dá a dica de novo: o comprimento da saia é abaixo do joelho e o moletom é mais chique e também de corte sequinho. Nem parece um moletom.

Nas fotos seguintes tem algumas sugestões óbvias e outras nem tanto de como variar nas calças e saias para trabalhar:

erden-calcas-saias-para-tra

As duas primeiras propostas mostram como os detalhes podem mudar uma saia reta. Uma delas tem bolsos aparentes e levemente deslocados para a lateral. O detalhe do bolso é um bom exemplo de como o bordado e brilho pode ser usado no trabalho. É só assegurar que seja um detalhe numa peça mais sóbria e o acompanhamento tenha também um visual mais clean, como uma camisa branca.

A segunda saia dispensa apresentações. A dobra de tecido lateral é feminina e diferente. Qualquer blusinha de ir trabalhar vai junto no charme dela.

As calças não ficam de fora na inspiração que podemos tirar de Erdem. As duas últimas peças tem o corte do momento: retas e com barra mais curta. Além disso mostram exatamente o que já foi falado aqui sobre como usar estampas no trabalho! O floral grande é bem espaçado e combina com a estampa miúda no mesmo tom. Na dúvida, as duas calças vão muito bem com blusas brancas ou na cor de fundo da estampa.

Quanta dica de roupa para trabalhar numa coleção de roupas de luxo, não é mesmo? Sempre dá pra levar um pouquinho de luxo e leveza para o nosso dia-a-dia.

Assim como eu ainda posso sonhar com uma festa glamourosa para usar esse vestido lindo! Feliz Natal!

111213-erdem-pre-oi-1415-14-400x600

Azulejo português para o verão

Desfiles como Rodarte e Giambattista Valli onde a estampa apareceu

A estampa azul e branca inspirada na porcelana chinesa e nos azulejos coloniais portugueses está em todo lugar. Você já deve ter visto pelas lojas e já percebeu o ar de frescor que ela traz.

Tendência para o verão 2013/2014, a combinação virou febre entre fashionistas e blogueiras do mundo inteiro rapidinho, depois de ter aparecido nas coleções de Roberto Cavalli, Valentino e até na brazuca Têca.

Roberto Cavalli - Coleção Resort 2013

Apesar de ter cores bem básicas a estampa pode não ser tão fácil de usar, mas com certeza vai fazer você querer mudar um pouquinho o seu guarda-roupa de trabalho nesse verão.

O jeito mais simples de usar é combinar com peças brancas ou azuis. Não tem erro. Os acessórios podem ser em tons de azul, nude ou preto.

Azulejo português pode ir trabalhar

Se o seu trabalho exige roupa mais formal ou social, opte pelas camisas e por estampas mais discretas. Além de ser um clássico, não vai ter problema de marcar formas indesejadas ou chamar atenção justamente para aquela área que você quer disfarçar.

Camisa com estampa delicada deixa qualquer dia de trabalho mais vibrante

Pra variar um pouco e sair do óbvio, combine com peças em vermelho ou laranja. Pode ser só um acessório ou detalhe, mas já faz diferença e não vai ofender os olhos de ninguém no escritório.

Vermelho e laranja deixam tudo mais vivo

As combinações mais ousadas são os conjuntinhos, vestidos longos ou um bom mix de estampas, mas estes devem se restringir aos ambientes mais descontraídos e aos fins de semana.

Mix de estampas que dão vontade de usar já