Dicas de como ficar elegante sem esforço

Nós mulheres adoramos roupas e sapatos, não é mesmo? Bolsas costumam ser um investimento maior, mas também são amadas por todas nós. Para completar, nós brasileiras adoramos cores, estampas, flores, babados, rendas e tudo mais que deixa a gente mais bonita e feminina. Todo mundo tem um senso de estilo e entende de moda pelo menos um pouquinho.

Mas sempre tem aquela pulguinha atrás da orelha quando a gente vê revistas, cenas de filmes ou fotos de street style pelo mundo afora. Dá uma sensação de que, por mais que a gente compre roupas ou busque inspirações variadas, outras mulheres são sempre mais chiques e estilosas do que a gente.

aa2914aff84141e30fb37b984e782239

Eu sempre pensei sobre isso, tanto na hora de me vestir como na hora de comprar roupas. Como é que elas conseguem ser tão elegantes? O que elas tem que é tão diferente de gente normal como eu e você? Depois de muito tempo eu cheguei à conclusão de que são muitos fatores, inclusive nossa auto-estima. A vivência cultural, a variedade disponível de roupas e sapatos, a coragem de testar coisas… Enfim! A lista é enorme. Mas assistindo mais desfiles internacionais, seguindo blogs e lendo revistas, deu pra começar a perceber certos padrões diferentes dos nossos.

E um deles acabou virando uma dica incrível de como se vestir de um jeito fácil, sem muito esforço e ainda assim ficar elegante. A dica é usar tons claros e cores pastéis em looks totais ou quase lá. Assim como a foto acima ou Cate Blanchett no filme Blue Jasmine, que a gente já falou aqui.

Há algumas temporadas que as candy colors, como eles chamam lá fora, aparecem com tudo no verão. São tons pastéis que lembram as cores das balinhas ou sorvetes.

cor-de-balinha

Não tem como negar. A gente sempre pensa no preto quando pensa em roupa clássica e elegante. Ou no máximo uma camisa branca. Mas o terno em tom rosinha quase nude lá em cima e agora essas mulheres meio que fazem a gente abrir os olhos um pouquinho não é mesmo?

E olha que delícia deve ser, num país calorento como o n0sso, se vestir de cores clarinhas e que parecem ser fresquinhas só de olhar?

E ao contrário do que muita gente pensa, elas não são difíceis de combinar. Vão fácil, fácil com branco, tons de cinza clarinho e jeans, olha só:

como-usar-cores-pasteis

Mas a dica maior de elegância e sofisticação é na verdade usar as cores pastéis em combinações alegres de rosa, azul, verde, amarelho, lilás. Nada mais inovador do que misturar vários tons e ainda assim continuar com o visual limpo e até profissional. Coisa que seria dificílimo com cores mais vibrantes.

Melhor do que isso, é ousar no look total. Varie pouquíssimo do mesmo tom de rosa ou azul e voilá! Sofisticação instantânea.

Use com outros acessórios que também fazem a gente pensar em doces e balinhas ou invista seguro na neutralidade dos nudes, bege e caramelo. Os estampados também aparecem como opção de combinar, seja em peças de roupa com um vestido ou blusa, como também nos acessórios.

como-usar-cores-claras

E para quem diz que para essas moças é fácil usar essas cores clarinhas porque são todas loiras, observem como as fotos daqui são quase todas de morenas! As cores clarinhas destacam os tons dos cabelos e valorizam a pele, principalmente se estiver com o bronzeado em dia.

E pra deixar todo mundo com água na boca depois de tanta doçura, segue mais uma seleção de acessórios que eu encontrei no Shopbop, um site americano cheio de sonhos de consumo e inspiração. Eles tem marcas que são relativamente desconhecidas da gente, mas também vendem os hypes do momento, como Alexander Wang, Kate Spade e Phillip Lim.

bolsa-sapato-rosa-azul-clar

Reparou que não precisou de muita estampa, bijuterias, maquiagens ou babados? É assim que a gente começa a observar e treinar nossos olhos. Na próxima vez que formos às compras, com certeza vamos lembrar um pouquinho do que aprendemos.

Claro, sem deixar de adaptar ao nosso estilo, porque auto-estima é o que vale mais. É perfeitamente possível se vestir de forma mais elegante e chique sem perder o jeito único de ser de cada um.

Anúncios

Preto e branco é chique sempre

Oscar de la Renta, Carolina Herrera, Moschino, Alexander Wang, Narciso Rodriguez, Jean-Pierre Braganza

A combinação de preto e branco ou monochrome, como é conhecido lá fora, invadiu as passarelas, ruas e lojas esse ano. É tendência tão forte que passou deste verão para o próximo outono/inverno.

Mas não pense que ela se restringiu ao nosso velho terninho preto com camisa branca. A dupla veio em modelagens inusitadas, silhuetas diferentes, estampas, grafismo e claro, acessórios. Apareceu até na febre fashionista da calça do Beetlejuice.

Não precisa ser liso e monótono

Eu vejo como uma ótima oportunidade de usar aquelas peças básicas de sempre, e de quebra tentar algo diferente. Isso porque eu acho que o preto e branco é um clássico que vai em qualquer lugar e apesar de ser tendência forte, nunca sai de moda de verdade.

Blazer, jaquetas e acessórios brancos

É a chance de tentar arriscar aquele blazer ou jaqueta branca que eu sempre tenho dúvida ou um acessório que eu pensei que podia ser uma peça restrita e agora parece ter mais lugar.

A vez do sapato e bolsa branca?

A calça ou saia branca também funciona bem pra mudar um pouco. Mas vale prestar atenção no corte da peça pra não marcar o que não deve. Não use nada muito justo e aproveite a ilusão da listra preta lateral que alonga e emagrece.

A parte de baixo do look pode ser branca sim

Faça o teste na frente do espelho, se você inovar na combinação ou no jeito que monta o look, veja como a imagem final é de mais auto-confiança e autenticidade.

A moda das lentes cor-de-rosa

Pink é o que todos estão falando no momento. As passarelas internacionais das últimas semanas mostraram todo os tons possíveis da cor e combinações das mais variadas.

As fashionistas antenadas também já estavam desfilando a tendência para os fotógrafos na saída dos shows.

Fashionistas em pink

Tudo muito lindo e feminino nas fotos, mas como usar no dia-a-dia e alegrar o look de ir trabalhar sem parecer uma boneca Barbie, uma vítima da moda ou um chiclete ambulante?

A primeira coisa é optar pelas nuances menos vibrantes, tais como o rosa pálido e os tons que se aproximam do nude ou rosa antigo. Por serem mais discretos, eles são mais fáceis de combinar e podem se tornar verdadeiros coringas no time das peças neutras.

Jonathan Saunders, Temperley and J JS Lee

O segundo passo é traduzir os looks que a gente tanto admira para as peças que a gente tem. Por exemplo, uma das coisas que mais fizeram sucesso lá fora foi o casaco rosa. Como o clima do Brasil não permite, o negócio é adaptar para cardigãs fininhos e blazers, mas manter a idéia do que usar por baixo.

Combine com branco, azul marinho, estampas florais e outros tons de rosa e cores pastéis.

Como usar blazer ou casaco rosa

Uma alternativa para os casacos, assim como nas estampas florais, é usar rosa na parte de baixo, sendo a saia o jeito mais fácil e mais discreto do que a calça, que por ser uma peça maior chama muito mais atenção.

Como usar saia rosa no trabalho

Se você não é fã da idéia ultra-feminina no guarda-roupa, ainda pode usar a cor com conceitos mais gráficos, minimalistas ou ainda elementos do guarda-roupa masculino.

Rosa não tão feminino assim

E se nada disso funcionar, tem sempre a saída dos acessórios. Bolsas, sapatos e colares representam bem a tendência, sem mexer tanto no guarda-roupa que você já tem além de serem muito versáteis para compor o diferencial de outros looks.

Pink no detalhe

Imagens via: Vogue, Fabsugar, Style tracker, Candice Lake, Pinterest