Trend Alert: Primavera 2016

A Vogue.com publicou o relatório de tendências da Primavera 2016 e eu vim aqui correndo contar para vocês! Vamos lá:

“Qual a melhor forma de resumir o espírito que surgiu de todos os desfiles da Primavera 2016? Em uma única palavra: profusão.”

Como assim? Profusão quer dizer abundância; em grande quantidade; esbanjamento – E é sobre isso que a Vogue fala…A bola da vez é o maximalismo!

E com esse banquete todo visual, nada melhor do que um relatório de tendências para nos ajudar a entender o que melhor faz sentido e o que apostar. Afinal nada pior do que se empolgar e comprar um monte de coisa que acaba parada no nosso guarda-roupa, não é mesmo?

Lingerie Inspired

Já foi tendência em algumas estações passadas e voltou com tudo, os vestidos inspirados em camisolas são tendência e vale ficar de olho! Dica: Evite usar no escritório, deixe para os dias de lazer.

lingerie_inspired

Romantismo

Os vestidos leves no estilo ladylike, com rendas e estampas florais são a cara da primavera.

romantismo

Brilho

Diversos vestidos em lantejoulas e outros materiais com brilho foram a aposta de diversdas grifes. Fique ligada!

brilho

Ombro a ombro

E lá vem os ombros à mostra novamente! Eu havia mostrado essa tendência em agosto e tudo indica que veio para ficar! Esse decote sai do casual e é sexy na medida.

ombro_a_ombro

Jeans

O jeans apareceu em diversos desfiles e de diversos padrões. Seja ele rasgado, com recortes, bordados ou até estampado. Escolha o que mais combine com você!

jeans

Clássico Latino

Seja Michael Kors, Oscar de la Renta ou J.W.Anderson…todos foram inspirados pela dança flamenca. Aposto nos babados, nas golas e nas camadas!

latino

Tie-Dye

O tingimento tie-dye foi clássico nos anos 70 e sucesso entre os hippies; Hoje em dia a estampa aparece mais elaborada e sofisticada. Você pode encontrá-la nos vestidos Joseph Altuzarra e até no desfile de Valentino.

tie-dye

Prata

O prata saiu dos acessórios para ir para vestidos, blusas e jaquetas. Com efeito mohado ou até de “vidro quebrado”, o prata virou o novo preto.

brilho

Listras

Horizontal ou vertical, fina ou grossa, monocromática ou colorida…as listras são o floral desta primavera!

listras

Entre todas as tendências apresentadas acima, você tem uma preferida?

 

 

 

Anúncios

Londres Fashion Week: TopShop Unique

A Topshop é uma marca inglesa de high street extremamente popular e, eu diria, ícone do país – principalmente de Londres.

Se você já teve a oportunidade de visitar a cidade irá concordar comigo…as vitrines da marca representam perfeitamente o estilo das inglesas!

Andando pelas ruas é muito fácil perceber essa identidade e como as suas consumidoras adoram essa ‘coisa’ de misturar tudo em um look só. E essa arte elas dominam muito bem e ficam extremamente estilosas!

A Topshop já foi ícone de todas as adolescentes inglesas. Desde a época do high school até o college, todas (sem exceção) irão falar que o guarda-roupa era quase 100% da marca.

No entanto, como apresentado durante a fashion week primavera-verão 2016, parece que a marca quer mesmo continuar acompanhando essas mulheres por mais algumas gerações e trouxe para a passarela ‘looks com ar de crescidinho’, o que garante bastante inspiração aqui para o Escritório Digno.

topshop

Os blazers leves são perfeitos para o verão e para nos acompanhar ao escritório! Reparem que a cintura marcada com cinto ou nos detalhes de abotoamento vieram com tudo e dão forma a silhueta.

topshop2

As calças cropped e as saias lápis também entraram no repertório. Gosto bastante das camisas com um ar mais despojado e não tão certinha ao corpo – só cuidado com a quantidade de botões que irá abrir! Hehe.

topshop4

A fenda apareceu tanto nas saias como nos vestidos e dão um ar mais sexy ao look. Os tecidos de caimento leve se misturaram com texturas como o couro e a pele. Dica: invista em peças de couro ou sintético colorido para o verão, eles estarão em alta!

topshop4

E o que falar das estampas? Acho que a Topshop escolheu dois clássicos: o floral e o animal print, eles nunca saem de moda e são bem aceitos no ambiente de trabalho, até mesmo nos mais formais.

No geral, a coleção primavera-verão da Topshop não mostrou muitas novidades, mas fez com eficácia o que eles estão acostumados a fazer, que é o mix de estampas e materiais.

Também achei que foi apresentado uma coleção mais madura e elegante, que na minha opinião, está aprovadíssima! E vocês, o que acharam?

C&A fecha mais uma parceria que será sucesso

Não é de hoje que a gigante fast-fashion engata parcerias com estilistas e celebridades para desenvolver uma coleção capsula exclusiva, sendo a mais recente com Kim Kardashian.  No entanto, semana passada a rede anunciou que a parceria da vez será com a marca paulistana Lolitta, conhecidíssima por seus tricôs e suas roupas super femininas.

A coleção está prevista para chegar em 43 lojas selecionadas da rede em todo o Brasil a partir do dia 11 de agosto e também estarão disponíveis no e-commerce da C&A.

Lolitta, estilista da marca, já nasceu respirando moda. Sua mãe, Rosana Zurita, é muito conhecida no meio por sua tradicional confecção de malhas e, consequentemente, a sua filha herdou o talento e a influência da mãe em suas próprias criações.

No entanto, Lolitta estudou e aprimorou a sua técnica em Boston, onde estudou fashion design. A sua marca é voltada para o mercado de luxo e suas peças são ricas em acabamento e refletem um estilo contemporâneo, jovem e repleto de cores.

As peças são mais exclusivas e produzidas em menores quantidades e isso, claro, reflete no preço – um vestido de tricô da marca pode custar R$3000!

Aí que vem a alegria, com a parceria da marca com a C&A podemos comprar releituras de grandes sucessos por mais ou menos 10% do preço! E a qualidade como será? Isso só saberemos quando chegar na loja, já que muitas vezes as fotos enganam.

É certo que a qualidade dos tecidos será muito menor do que os usados por Lolitta, visto que a coleção é voltada para uma rede de fast-fashion, onde o apelo é moda por preço acessível. No entanto, a essência e as característicada da marca que a faz tão desejada será transportada para a versão fast-fashion! Oba!

Como destaque da coleção estão as saias, vestidos e bodys em tricô. Muitos vestidos estruturados, coladinhos ao corpo no estilo bandagem. E vou falar, estou muito ansiosa para ver a coleção de pertinho nas lojas!

Curiosas? Vamos dar uma olhadinha no que vem por aí:

lolitta_c&a1 lolitta_c&a4

lolitta_c&a2 lolitta_c&a3

 

O que acharam? O preço varia entre R$79,90 e R$329,90 (os vestidos são as peças mais caras da coleção). Na minha opinião, a Lolitta conseguiu passar a identidade da marca para a fast-fashion e achei a coleção linda! Agora basta ver se pessoalmente será tudo isso!

Como incluir o xadrez nos looks de trabalho

Com o 90’s revival que tem rolado nas passarelas internacionais e no street style ao redor do mundo, um dos queridinhos que está de volta é o xadrez. Quem não se lembra dos looks memoráveis do filme As Patricinhas de Beverly Hills?

As Patricinhas de Beverly Hills xadrez

Muitos dos hits da época estão ressurgindo, mas o xadrez é o que vem com maior força (vamos ser sinceras, a estampa nunca saiu de moda de verdade). O melhor disso é que o xadrez é muito versátil e pode ser usado de diversas formas, acompanhando inúmeros estilos diferentes, inclusive no escritório.

Vamos conferir algumas inspirações de looks?

1- Blusa Xadrez: O combo calça jeans escura + scarpin preto já é um clássico de looks casuais para o trabalho. Com uma camisa xadrez, fica ainda mais estiloso e abre espaço para brincar com os acessórios. Invista em uma bolsa escura para um visual tradicional ou dê um toque de personalidade e alegria com uma carteira colorida (o vermelho sempre funciona!).

Blusa xadrez com jeans e scarpin

Um bom exemplo de camisa xadrez é essa da Doc Dog que vende na Farfetch.

2 – Saia Xadrez: Outra peça que não pode faltar é a saia xadrez. Ela pode ser usada com uma camisa de ceda e sapato de salto para um look mais chic ou pareada com uma blusa de manga comprida de algodão deixa a produção apropriada para o escritório sem perder a leveza.

saia xadrez blusa de manga

Uma ótima opção é essa saia lápis que achei na Asos.

3- Blazer Xadrez: Para os dias mais frios ou ambientes de trabalho mais formais, não há pedida melhor do que o blazer xadrez para sair da mesmice dos casacos pretos / cinzas. Em escritórios menos tradicionais no dress code, um casaco xadrez combina perfeitamente com uma calça jeans. Nos ambientes mais formais, também fica perfeito com calça social preta ou de uma cor que harmonize bem com a estampa.

blazer xadres calca jeans

Essa blazer xadrez Fillity que está na minha lista de compras na Farfetch há um tempo é um exemplo perfeito!

4 – Vestido Xadrez: Um dos meus favoritos, o vestido xadrez é campeão do meu coração! O engraçado é que a gente vê pouco por aqui. Ideal para o inverno ou para os dias mais cinzas do verão, vai bem com uma bota de cano alto ou uma sapatilha preta. Assim fica fácil ficar elegante no trabalho!

vestido xadrez botaPesquisando muito achei esse lindo vestido-camisa na Zara internacional, mas não entrega no Brasil =/. Quem sabe alguma sortuda não consegue achar um parecido nas lojas físicas?

Gostaram, meninas?

Cate Blanchett também ensina como se vestir para trabalhar

A premiação do Globo de Ouro 2014 foi essa semana e Cate Blanchett ganhou como Melhor Atriz por sua atuação em Blue Jasmine.

A nova musa de Woody Allen apareceu no tapete vermelho usando um vestido preto de tule e renda delicadíssimos da Armani Privé. A atriz admirada por nunca esconder sua idade e estar sempre elegante, arrasou como sempre e ainda surpreendeu com o decote profundo nas costas. Não precisava de mais nada, além das jóias discretas de brilhantes.

cate-blanchett-globo-ouro-2014
Mas não foi pra falar do vestido do red carpet que estamos aqui. Vamos falar mesmo é do figurino de Cate em Blue Jasmine.

No filme ela interpreta Jasmine, uma socialite de Nova York que é obrigada a mudar para a casa da irmã em São Francisco após seu marido (Alec Baldwin) ser preso e ter toda sua fortuna confiscada. Deprimida, neurótica e ainda sem acreditar no novo rumo que tomou sua vida, ela tenta recomeçar.

Tudo que lhe restou da vida que tanto apreciava é o guarda-roupa impecável. É com suas roupas de marcas luxuosas como Chanel, Missoni, Alberta Ferretti e Roger Vivier que ela tenta manter a sanidade, mantendo as aparências. Nos momentos de pânico e desespero, o penteado sai do lugar, suas roupas amassam ou mancham e a tábua de salvação de Jasmine é se agarrar na bolsa Hermès Birkin quase como um escudo.

blue-jasmine-casaco-chanel
Mas a Jasmine de Cate Blanchett não só usa as roupas certas, ela usa do jeito certo.

As combinações de cores são sempre neutras e em tons pálidos ou pastéis. Perfeitas para combinar as suas camisas de seda rosa, amarelo ou verde clarinho com qualquer saia ou calça do armário. Cores que também ficam perfeitas com o azul marinho ou as várias nuances de marrom, caramelo e bege de seus acessórios.

A camisa branca que aparece logo abaixo mostra um ótimo truque para variar este clássico do guarda-roupa. O comprimento da manga é logo acima do cotovelo, o que diferencia muito das camisas de manga comprida ou as curtinhas que a gente vê em todo lugar. Além disso, é perfeita para quem está começando a se preocupar em esconder as gordurinhas do braço.

cate-blanchett-camisa-blue-jasmine
O cardigã é outro truque de Jasmine para compor seus looks com uma terceira peça e não cair no óbvio blazer. O da foto acima tem o comprimento mais curto, mas é enfeitado com bordados delicados e femininos, o que garante que ele possa transitar tranquilo num ambiente de trabalho mais formal.

Já o cardigã que Cate usa com os vestidos é um estampado em tons terrosos e com detalhes em rosa neutro. Mostrando como é possível usar estampa sem parecer informal demais ou tornar a peça marcada. Ainda dá pra aproveitar as cores da estampa para realçar outras partes do visual como o cinto ou detalhe de outra cor no vestido.

blue-jasmine-cardiga-missoni
Uma das maiores lições que o filme traz de como se vestir bem não está somente no uso das cores claras e peças clássicas bem cortadas. A imagem de sofisticação de Jasmine vem muito da atuação de Cate Blanchett, ou seja atitude e postura, mas também em como ela usa seu cabelo, maquiagem, unha e bijuterias.

O cabelo tem comprimento médio e está sempre muito bem penteado. A maquiagem é cuidadosa e leve, apenas realçando os traços e sem marcar. Nos olhos um esfumado discreto em marrom e rímel, enquanto que nas bochechas e lábios os tons são rosados, mas neutros e próximos das cores naturais de seu próprio rosto.

blue-jasmine-cate-blanchett-maquiagem
Os brilhos aparecem apenas em suas jóias e bijuterais que também são o exemplo perfeito de sofisticação e profissionalismo quando pensamos nos escritórios mais formais e exigentes.

Os brincos são pequenos e discretos. O colar apesar de comprido também é fino, sem muitos pingentes ou detalhes que possam pesar ou, pior, fazer barulho. Além disso combinam com qualquer roupa e podem ir das reuniões a um almoço ao ar livre. Ou eventos e festas.

Aliás, Jasmine também dá o exemplo de como manter a imagem até nos eventos mais chiques sem perder a sofistação:

cate-blanchett-blue-jasmine
Ela vai do vestido vermelho ao look paetizado e dourado, sem nunca parecer demais. É só prender o cabelo num coque baixo e manter a maquiagem leve, ainda que mais festiva. As jóias ou bijuterias também realçam, mas não aparecem mais do que a cor vibrante ou o brilho e textura da roupa. São complementos ao invés do personagem principal.

Não é à toa que Cate Blanchett ganhou mais um prêmio de cinema. Até no guarda-roupa eles acertaram! E você, está esperando o que para ir ver o filme e aprender um pouco mais? 😉

Desejos de Natal que podem ir trabalhar

É quase Natal e eu ainda tenho muitos desejos. Alguns podem se realizar e vão ser grandes presentes e outros podem ser considerados bem fúteis. Mas não acho que sejam bobos, porque com certeza me deixariam feliz. Às vezes é isso que importa, não é mesmo?

Foi assim que me senti esses dias quando passeava por um site de notícias de moda e vi a coleção pré outono-inverno 2014 da Erdem. Era uma peça mais linda do que a outra e se eu pudesse ganhar algumas daquelas peças eu ficaria bem feliz.

Opa! Você nunca ouviu falar desse designer? Nem eu, confesso. Mas o trabalho dele me impressionou tanto que eu fui pesquisar um pouco mais.

Looks-festa-Erdem

Erdem Moralioğlu nasceu em Montreal, no Canadá , mas é filho de pai turco e mãe inglesa. Daí o nome diferentão. Apesar de não ser conhecido por mim e por muitos no Brasil, ele foi estagiário de Vivienne Westwood e trabalhou ao lado de Diane von Furstenberg. Em 2005 ele lançou sua própria marca em Londres e dois anos depois já ganhou prêmio do British Fashion Council. Erdem agora tem sua marca vendida em mais de 50 lojas de luxo pelo mundo, incluindo Barney‘s nos EUA e SelfridgesHarvey Nichols e Liberty em Londres.

Apesar de serem obviamente marca de luxo e terem um tom quase festivo, as roupas feitas por Erdem na verdade me deram muita inspiração. Não só para ficar imaginando alguma festa ou jantar em que eu possa usar um vestido metalizado ou um conjunto de calça e blusa paetizados. Por incrível que pareça essa coleção me deu um monte de idéias para melhorar o guarda-roupa de ir trabalhar.

Olha só essas fotos:

erdem-blusas-para-trabalhar

Na primeira foto dá pra ver uma idéia ótima de como usar renda para ir trabalhar sem que a peça pareça muito apelativa ou em excesso, pois incrivelmente a blusa parece mais formal. O corte tipo camiseta com mangas um tantinho mais compridas, a cor neutra e o tipo de renda mais fechada, sem um fundo muito aparente ou contrastante garantem a seriedade da peça.

A camisa branca da segunda foto é o exemplo perfeito de como uma idéia bem batida e usada ainda pode ser inovadora. Além disso, tem um ar bem fresquinho apesar da gola alta. Perfeita para o verão e para mudar a cara de uma calça simples qualquer.

A terceira foto mostra como um casaco ou jaqueta aparentemente mais esportivo pode substituir perfeitamente um blazer e mudar o tailleur de sempre. A jaqueta em couro macio tem corte mais sequinho e acompanha uma saia bordada em tom pastel. Mas veja que a cor da jaqueta é sóbria sem ser preta ou azul marinho. Aliás, o preto não é a cor mais adequada neste caso, pois deixaria a jaqueta mais esportiva. Melhor escolher tons complementares como na coleção da Erdem.

O último look é para os ambientes menos formais e para as mulheres que querem variar um pouco mais. Seria também uma ótima roupa para casual friday. A dupla de saia rodada e moletom é a combinação tendência do momento! Pra garantir que o visual seja adequado ao trabalho, Erdem dá a dica de novo: o comprimento da saia é abaixo do joelho e o moletom é mais chique e também de corte sequinho. Nem parece um moletom.

Nas fotos seguintes tem algumas sugestões óbvias e outras nem tanto de como variar nas calças e saias para trabalhar:

erden-calcas-saias-para-tra

As duas primeiras propostas mostram como os detalhes podem mudar uma saia reta. Uma delas tem bolsos aparentes e levemente deslocados para a lateral. O detalhe do bolso é um bom exemplo de como o bordado e brilho pode ser usado no trabalho. É só assegurar que seja um detalhe numa peça mais sóbria e o acompanhamento tenha também um visual mais clean, como uma camisa branca.

A segunda saia dispensa apresentações. A dobra de tecido lateral é feminina e diferente. Qualquer blusinha de ir trabalhar vai junto no charme dela.

As calças não ficam de fora na inspiração que podemos tirar de Erdem. As duas últimas peças tem o corte do momento: retas e com barra mais curta. Além disso mostram exatamente o que já foi falado aqui sobre como usar estampas no trabalho! O floral grande é bem espaçado e combina com a estampa miúda no mesmo tom. Na dúvida, as duas calças vão muito bem com blusas brancas ou na cor de fundo da estampa.

Quanta dica de roupa para trabalhar numa coleção de roupas de luxo, não é mesmo? Sempre dá pra levar um pouquinho de luxo e leveza para o nosso dia-a-dia.

Assim como eu ainda posso sonhar com uma festa glamourosa para usar esse vestido lindo! Feliz Natal!

111213-erdem-pre-oi-1415-14-400x600

Preto e branco é chique sempre

Oscar de la Renta, Carolina Herrera, Moschino, Alexander Wang, Narciso Rodriguez, Jean-Pierre Braganza

A combinação de preto e branco ou monochrome, como é conhecido lá fora, invadiu as passarelas, ruas e lojas esse ano. É tendência tão forte que passou deste verão para o próximo outono/inverno.

Mas não pense que ela se restringiu ao nosso velho terninho preto com camisa branca. A dupla veio em modelagens inusitadas, silhuetas diferentes, estampas, grafismo e claro, acessórios. Apareceu até na febre fashionista da calça do Beetlejuice.

Não precisa ser liso e monótono

Eu vejo como uma ótima oportunidade de usar aquelas peças básicas de sempre, e de quebra tentar algo diferente. Isso porque eu acho que o preto e branco é um clássico que vai em qualquer lugar e apesar de ser tendência forte, nunca sai de moda de verdade.

Blazer, jaquetas e acessórios brancos

É a chance de tentar arriscar aquele blazer ou jaqueta branca que eu sempre tenho dúvida ou um acessório que eu pensei que podia ser uma peça restrita e agora parece ter mais lugar.

A vez do sapato e bolsa branca?

A calça ou saia branca também funciona bem pra mudar um pouco. Mas vale prestar atenção no corte da peça pra não marcar o que não deve. Não use nada muito justo e aproveite a ilusão da listra preta lateral que alonga e emagrece.

A parte de baixo do look pode ser branca sim

Faça o teste na frente do espelho, se você inovar na combinação ou no jeito que monta o look, veja como a imagem final é de mais auto-confiança e autenticidade.

Azulejo português para o verão

Desfiles como Rodarte e Giambattista Valli onde a estampa apareceu

A estampa azul e branca inspirada na porcelana chinesa e nos azulejos coloniais portugueses está em todo lugar. Você já deve ter visto pelas lojas e já percebeu o ar de frescor que ela traz.

Tendência para o verão 2013/2014, a combinação virou febre entre fashionistas e blogueiras do mundo inteiro rapidinho, depois de ter aparecido nas coleções de Roberto Cavalli, Valentino e até na brazuca Têca.

Roberto Cavalli - Coleção Resort 2013

Apesar de ter cores bem básicas a estampa pode não ser tão fácil de usar, mas com certeza vai fazer você querer mudar um pouquinho o seu guarda-roupa de trabalho nesse verão.

O jeito mais simples de usar é combinar com peças brancas ou azuis. Não tem erro. Os acessórios podem ser em tons de azul, nude ou preto.

Azulejo português pode ir trabalhar

Se o seu trabalho exige roupa mais formal ou social, opte pelas camisas e por estampas mais discretas. Além de ser um clássico, não vai ter problema de marcar formas indesejadas ou chamar atenção justamente para aquela área que você quer disfarçar.

Camisa com estampa delicada deixa qualquer dia de trabalho mais vibrante

Pra variar um pouco e sair do óbvio, combine com peças em vermelho ou laranja. Pode ser só um acessório ou detalhe, mas já faz diferença e não vai ofender os olhos de ninguém no escritório.

Vermelho e laranja deixam tudo mais vivo

As combinações mais ousadas são os conjuntinhos, vestidos longos ou um bom mix de estampas, mas estes devem se restringir aos ambientes mais descontraídos e aos fins de semana.

Mix de estampas que dão vontade de usar já

Pode usar oncinha no trabalho?

Um dia desses estava pesquisando a respeito de ambientes mais formais de trabalho e uma orientação que me deixou pasma foi ‘não usar estampas’.

Como assim não usar estampa para ir trabalhar? Uma das características mais marcantes da moda nacional é a qualidade da nossa estamparia e ainda não conheci uma mulher que não goste de estampa, seja ela floral, listras, poás, animal, gráfica, digital ou o que mais existir por aí.

Sabendo escolher e dosar, é possível sim usar peças estampadas para trabalhar sem prejudicar a imagem de seriedade e profissionalismo do ambiente que exige roupa social.

Por exemplo, se sua estampa preferida for listras, escolha cores menos chamativas e mais neutras, preste atenção no tamanho das listras ou ainda junte os dois conceitos como na foto abaixo.

Como usar listras para trabalhar

Vamos tentar o mesmo com a estampa floral. Se não dá pra usar flores enormes e coloridas, eleja tons pastéis e elas já podem ir trabalhar. Diminuindo o tamanho você pode usar cores mais escuras e até fazer mais combinações.

Como usar estampa floral sem exagero

O grande vilão da história pode ser a estampa animal, cuja linha do formal é realmente muito tênue e em muitos escritórios pode realmente passar a imagem errada.

Se o seu trabalho exige roupa social, mas não é tão rígido assim, siga os mesmos passos das estampas anteriores, mas tome mais cuidado com o corte e modelo das peças. Prefira linhas retas, tons mais neutros e quanto menor a estampa melhor.

Como usar oncinha no trabalho

Agora, se seu trabalho não exige roupa social formal, aproveite pra combinar estampas florais, de oncinha, listras e tudo mais que desejar. Use o bom senso para optar pela elegância e seja feliz.

Mix de estampas para ir trabalhar

Leve a primavera para o trabalho

A primavera chegou oficialmente e em todo lugar as flores já começaram a aparecer.  É a oportunidade perfeita pra atualizar e variar o jeito de se vestir para trabalhar!

O floral pode ser coloridão, discreto, miudinho ou marcante. O que vale é saber que adicionar flores no seu guarda-roupa vai deixar qualquer visual mais fresquinho, vibrante e diferente.

O jeito mais simples é aquele vestido que você comprou no verão do ano passado. É só garantir que ele não é muito curto e nem decotado demais para o seu ambiente de trabalho e lá vamos nós.

Se ele já tem presença por si só, acrescente acessórios pra deixar mais alinhado. Pode ser um salto alto, um cinto nude pra marcar a cintura ou uma bolsa colorida.

Vestidos do verão podem ir trabalhar

Se o seu escritório é um pouco mais formal, não tenha receio, ainda dá pra usar o vestido florido. O truque é usar um cardigã com detalhe, um suéter clássico ou um blazer mais estruturado. Tente combinar a terceira peça com um dos tons da estampa e tudo fica mais elegante.

Vestidos florais ficam mais sérios se combinados com um blazer ou cardigã

Agora, se estiver inspirada e disposta a arriscar um pouquinho mais, invista numa saia com flores bem coloridas e vivas. Pra manter a formalidade do trabalho, escolha a modelagem mais reta, tecidos mais encorpados e faça par com camisas bem cortadas.

Se escolher bem os tons da estampa, dá pra usar com o blazer daquele terninho de sempre e mudar totalmente o visual.

Saias com estampas de flores substituem a saia preta de sempre

Não tenha medo dos acessórios. Além do preto nosso de todo dia, sapatos e bolsas em tons de caramelo ou nude combinam perfeitamente com todas as opçoes acima se não quiser abusar das cores.

Imagens via: Fabsugar, The Sartorialist, Fashion Coolture, Street Peeper, Lauren Conrad.