O comprimento certo de saias e bermudas

Com o verão se aproximando e as temperaturas indo às alturas, vai batendo a vontade de usar roupas cada vez mais curtas (compreensível, né?). Mas e no trabalho? A gente arrisca ou morre de calor? Qual o comprimento certo de saias e bermudas no escritório?

Eu sempre faço questão de reforçar que cada ambiente de trabalho é diferente um do outro e que é possível ser profissional e estar bem vestida tanto em escritórios casuais quanto naqueles mais conservadores – é só saber se adequar. Mas uma constante em (quase) todos os locais de trabalho é o não às roupas curtas. Reza a lenda que a eterna ícone da moda Coco Chanel pedia às suas clientes que se ajoelhassem em seu atelier, onde o tecido tocasse o chão seria a altura em que ela costuraria a barra.

Coco Chanel em seu atelier

Coco Chanel ajusta a saia de uma cliente em seu atelier

Para que o look seja profissional é preciso manter as barras de saias, shorts e bermudas mais próximas do chão que do seu umbigo! Brincadeiras à parte, vamos ver quais são os tamanhos ideais?

Comprimento mínimo

saia acima do joelho trabalho

Quando eu era novinha, meu pai costumava brincar que “estava faltando meio metro de pano” toda vez que eu inventava de usar alguma coisa curta. Hoje em dia, de vez em quando olho para alguma mulher indo para o trabalho e penso “está faltando um palmo de tecido nessa saia”. Isso porque muita gente acha que estando abaixo do meio da coxa já está bom, mas não é bem assim. O comprimento mínimo de saia para o trabalho é na altura do joelho, entende-se por isso no máximo 4 dedos acima do joelho. Lembrando que as saias geralmente “sobem” quando nos sentamos, então faça o teste antes de sair de casa para não ficar desconfortável depois.

Comprimento alongador

comprimento saia no joelho trabalho

O nosso olhar é naturalmente atraído para os limites das roupas (barras, punhos, cós, golas, etc), portanto onde a barra está no comprimento da sua perna é extremamente importante para saber se a ideia geral vai ser de pernas mais longas ou mais curtas, mais gordas ou mais finas. Se a saia ou bermuda fica na altura da dobra do joelho (parte mais fina da perna, dá pra ver direitinho quando olhamos por trás), o olhar é direcionado para lá, alongando e afinando a silhueta – e você não vai ficar com a impressão de que as coxas são muito grossas ou o quadril muito largo.

Comprimento Midi

saia midi para o trabalho

As saias midi voltaram à moda, o que é uma beleza, já que esse comprimento deixa os looks bem românticos e ladylike. É bom também para quebrar a monotonia das saias lápis e retas e dar um ar moderno e diferente às suas produções para o trabalho.

Comprimento Longo

saia longa para o trabalho

Outro comprimento que alonga é o que vai até o pé. E dá para usar saia longa no calor sim, é só optar por cores mais claras e tecidos mais leves.

Agora não dá mais para errar, né?

Anúncios

Os sapatos essenciais para o escritório

Olá meninas, como vai a semana de vocês?

Hoje, montando meu look para o trabalho, vesti uma roupa linda que ficaria ótima com um sapato de salto e percebi que me falta um scarpin preto, com salto mais largo e bem confortável para complementar minhas produções.

Com isso, tive a ideia de fazer um post com os melhores sapatos para usar no trabalho! São peças básicas e versáteis que toda mulher deveria ter!

Vamos conferir a lista?

Sapatilhas

Sapatilhas: look para o trabalho

Preta, nude ou colorida, com as sapatilhas não tem erro. Confortáveis e versáteis, vão bem com calças, saias ou vestidos e ainda dá para aproveitar e usar nos fins-de-semana ou momentos de lazer. Há muitos modelos baratex por aí, mas recomendo  investir em sapatilhas de couro e de melhor qualidade, para que elas durem mais e não machuquem seus pés.

Oxford

Sapato oxford para o trabalho

O oxford é um sapato baixo, confortável e versátil que te tira da mesmice. Fácil de combinar, é uma alternativa às sapatilhas. Mas cuidado: em escritórios mais formais é melhor optar pelos modelos pretos ou caramelo, que deixam o visual mais polido.

Mocassin 

Mocassim para o trabalho

Direto do guarda-roupa masculino, o mocassim pode ser o elemento surpresa do seu closet, principalmente se for usado em conjunto com uma roupa bem feminina.

Scarpin

Scarpin nude para o trabalho

O scarpin é praticamente a versão de salto da sapatilha. Com a ponta redonda ou de bico fino, nas alturas ou com salto baixinho, também é mega versátil e com a vantagem de deixar os looks mais refinados e mais profissionais (se o salto for muito fino e muito alto o efeito é o contrário – reserve esses exemplares para as noites de festa). O preto é o básico, mas qualquer outra cor será bem-vinda no seu guarda-roupa.

Sandalha de salto grosso ou anabela

Sandalha de salto grosso para o trabalho

Não é porque o ambiente é mais tradicional que as sandalhas devem ser abandonadas, principalmente nos dias de muito calor. Para não errar, basta investir em um exemplar com salto mais grosso (os quadrados são meus favoritos) ou anabela e evitar muitos detalhes ou brilhos, sem esquecer do conforto.

Peep toe 

Sapato peep toe para o trabalho

Bom para dar um descanso nos scarpins. Atenção para o modelo escolhido não deixar com “cara de vovó”.

Bota de cano alto

Bota montaria para o trabalho

Solução para os dias frios e chuvosos, vá de preto e marrom para aproveitar ao máximo cada par.

Ankle boot

ankle boots para o trabalho

Para o inverno ou dias mais frios, quando não queremos pesar o visual com uma bota de cano alto, as ankle boots são uma alternativa confortável e cheia de estilo!

É isso meninas! Lembrando que esses são só os básicos, para te salvar em qualquer clima / situação. E vocês? Já têm todos? Quer acrescentar algum para a seleção? Deixe sua opinião nos nosso comentários!

Como incluir o xadrez nos looks de trabalho

Com o 90’s revival que tem rolado nas passarelas internacionais e no street style ao redor do mundo, um dos queridinhos que está de volta é o xadrez. Quem não se lembra dos looks memoráveis do filme As Patricinhas de Beverly Hills?

As Patricinhas de Beverly Hills xadrez

Muitos dos hits da época estão ressurgindo, mas o xadrez é o que vem com maior força (vamos ser sinceras, a estampa nunca saiu de moda de verdade). O melhor disso é que o xadrez é muito versátil e pode ser usado de diversas formas, acompanhando inúmeros estilos diferentes, inclusive no escritório.

Vamos conferir algumas inspirações de looks?

1- Blusa Xadrez: O combo calça jeans escura + scarpin preto já é um clássico de looks casuais para o trabalho. Com uma camisa xadrez, fica ainda mais estiloso e abre espaço para brincar com os acessórios. Invista em uma bolsa escura para um visual tradicional ou dê um toque de personalidade e alegria com uma carteira colorida (o vermelho sempre funciona!).

Blusa xadrez com jeans e scarpin

Um bom exemplo de camisa xadrez é essa da Doc Dog que vende na Farfetch.

2 – Saia Xadrez: Outra peça que não pode faltar é a saia xadrez. Ela pode ser usada com uma camisa de ceda e sapato de salto para um look mais chic ou pareada com uma blusa de manga comprida de algodão deixa a produção apropriada para o escritório sem perder a leveza.

saia xadrez blusa de manga

Uma ótima opção é essa saia lápis que achei na Asos.

3- Blazer Xadrez: Para os dias mais frios ou ambientes de trabalho mais formais, não há pedida melhor do que o blazer xadrez para sair da mesmice dos casacos pretos / cinzas. Em escritórios menos tradicionais no dress code, um casaco xadrez combina perfeitamente com uma calça jeans. Nos ambientes mais formais, também fica perfeito com calça social preta ou de uma cor que harmonize bem com a estampa.

blazer xadres calca jeans

Essa blazer xadrez Fillity que está na minha lista de compras na Farfetch há um tempo é um exemplo perfeito!

4 – Vestido Xadrez: Um dos meus favoritos, o vestido xadrez é campeão do meu coração! O engraçado é que a gente vê pouco por aqui. Ideal para o inverno ou para os dias mais cinzas do verão, vai bem com uma bota de cano alto ou uma sapatilha preta. Assim fica fácil ficar elegante no trabalho!

vestido xadrez botaPesquisando muito achei esse lindo vestido-camisa na Zara internacional, mas não entrega no Brasil =/. Quem sabe alguma sortuda não consegue achar um parecido nas lojas físicas?

Gostaram, meninas?

Normcore: Você conhece essa moda?

Moda hoje em dia é quase sempre sinônimo de excesso. Com a democratização da internet e a proliferação de blogs e fotógrafos de street style, muitas pessoas exageram no estilo pessoal em busca de se diferenciar e chamar atenção. Anna Dello Russo é um exemplo recorrente. A editora da Vogue Japão já saiu até com melancia na cabeça, literalmente:

Anna dello russo exagero fashion

 

Mas como o universo fashion também é feito de ciclos, uma tendência contrária à pavonização das pessoas também vem ganhando cada vez mais força: o normcore. O nome é uma junção das palavras “normal” e “core” (do inglês, centro), ou seja, uma moda que se centra no normal. O conceito ainda não está muito claro, há quem diga que normcore é uma ausência de preocupação com estilos e tendências. Outras pessoas afirma que é uma preocupação com o conforto antes de tudo. Na verdade, o termo,  criado pela empresa K-hole (de pesquisa de mercado), diz respeito a pessoas que não seguem tendências e não usam algum produto simplesmente porque está na moda, mas que compões seu guarda-roupa com itens que gostam e se sentem confortáveis.

Fotos do estilo normcore

Fotos do estilo normcore pelo fotógrafo Jason Lloyd-Evans

Pessoalmente, eu gosto de um glamour e apesar de não seguir todas as tendências, gosto de usar coisas que estão na moda de vez em quando. Mesmo assim, achei o normcore uma ótima inspiração para o trabalho. Até porque ninguém aguenta ir trabalhar todos os dias em um scarpin chiquérrimo e seria bom conseguir montar um look para o batente com tênis, por exemplo.

Normcore para o trabalho: alfaiataria + tênis.

Normcore para o trabalho: alfaiataria + tênis.

Então seguem as dicas para usar a tendência (que ironia) e montar looks confortáveis para o trabalho (e a vida):

– Seja discreta: Uma das coisas mais importantes sobre o estilo normcore é manter a discrição. Não olhe o que está na moda e procure aquelas peças que você já tem e ama usar (sem olhar para a marca). Seja confiante e não aposte em nada que chame muita a atenção, complicado, brilhante ou com muitos detalhes.

Leandra Medine Normcore

A blogueira Leandra Medine com look Normcore

–  Aposte em cores neutras: Quer mais normal que cores neutras? Aposte no preto, branco, bege e marrom, de preferência de materiais mais naturais, como o algodão. O lado bom é que cores neutras combinam muito bem entre si, então fica fácil montar os looks. Lembrando que neutro não precisa ser chato: uma peça listrada pode dar um charme a mais sem sair da paleta de cores.

Normcore: cores neutras e listras

Normcore: cores neutras e listras

– Não tenha medo do básico: Se você é daquelas pessoas que só usam camisetas e jeans o tempo todo, você já pode estar dominando esse jeito de se vestir sem saber! O simples é, naturalmente, elegante. Jeans, calças de algodão, peças lisas, tênis, camisetas brancas, e por aí vai, são indispensáveis.

Normcore na passarela

Normcore na passarela

E aí, gostaram?

Topshop x Marques’Almeida: colaboração com um pé nos anos 90

Muita gente tem pavor dos anos 90, principalmente quando o assunto são terninhos e roupas para o trabalho: quem não se lembra das ombreiras e casacos oversized, tão típicos da década e tão difíceis de combinar? Eu não sou uma dessas pessoas. Particularmente adoro o shape mais solto e estruturado que deu lugar à mania de roupas extremamente coladas que vieram nos anos 2000. Gosto da moda que dá espaço à criatividade, que brinca com tamanhos, formas e cores, que deixa qualquer mulher bonita e se sentindo bem, mesmo se ela não tiver um corpo de modelo.

topshop-marques-almeida

Pois bem, como muitos estilitas e marcas fizeram recentemente, a Marques’Almeida também fez uma viagem à década de 90 para sua coleção em colaboração com a gigante fashion Topshop. A label inglesa já investe em uma pegada 90’s desde sua criação. Nesta coleção, fica difícil negar a inspiração.

Modelagem reta, jeans com lavagem escura e barra levemente desfiada, muito tafetá e cor, tanto nas roupas quanto nos acessórios (em especial verde e azul). É claro que o metalizado também estaria presente. Eu gosto muito dessa brincadeira com formas e cores, até mesmo com o metalizado. Tem muita coisa nessa coleção pra dar uma sacudida no seu guarda-roupa de trabalho!

Dá pra conferir as peças aqui e torcer para que a colaboração também aterrize nas lojas brasileiras, mas não sei como anda a marca no Brasil. Em setembro a Topshop fechou as portas de sua loja no Iguatemi. De acordo com a assessoria de imprensa, a ação faz parte de uma estratégia de realocação e não tem a ver com as dívidas da empresa no país (de cerca de 1 milhão de reais). Ainda não há informações sobre quando ou onde a nova loja será aberta. Ainda de acordo com a assessoria, a marca tem planos de abertura de uma loja em Curitiba e em outras capitais do país.

A Topshop é uma empresa bilionária, do grupo Arcadia, com mais de 300 lojas só no Reino Unido e mais de 400 outras unidades espalhadas por quase 40 países. O segredo do sucesso se deve à agilidade do fast fashion: roupas com as tendências vistas nas passarelas de grandes marcas desejo, que chegam às lojas rapidamente, por um preço baixo e com qualidade suficiente. Vamos torcer pra que a marca consiga dar a volta por cima no Brasil e abrir mais unidade por aí.

topshop-marques-almeida-color-block-strappy-sandals topshop-marques-almeida-ribbed-knit-cardigan topshop-marques-almeida-rib-knit-polo-top topshop-marques-almeida-taffeta-blazer