A linha tênue das sandálias

Muita gente procura dicas de como se vestir para trabalhar. É um dos assuntos mais recorrentes, seja em revistas e blogs de moda ou em mídias que tratam de assuntos de negócios ou empresariais.

O argumento é um só: o jeito que você se veste diz muito sobre quem você é. Invariavelmente, a primeira coisa que todo mundo vê.

Para alguns pode parecer que o momento da entrevista é o mais crucial, mas a verdade é que no dia-a-dia também é importantíssimo. Somos observados diariamente pelos colegas e superiores. E se tratamos diretamente com clientes, somos também responsáveis diretos pela imagem da empresa.

Sandálias ou sapatos no trabalho?

Então, não tem jeito. Temos mesmo que nos vestir de acordo com as regras e exigências do nosso ambiente de trabalho e ainda prestar atenção em outros detalhes que podem parecer bobos, mas não são.

Certa vez trabalhei num escritório que tinha piso elevado para acondicionar embaixo dele os cabos dos inúmeros equipamentos eletrônicos que usávamos. O ambiente ficava livre de fios aparentes, organizado e seguro, mas fazia com que os passos de todo mundo ecoassem alto e à distância.

Foi uma questão de bom senso que todos deviam evitar sapatos com salto de madeira ou que fizem barulho, pois estes ressoavam mais ainda. Regra que seria relativamente desnecessária se o piso fosse acarpetado e abafasse os sons.

Ainda falando de sapatos, uma pergunta que sempre volta é se pode ou não pode usar sandália pra trabalhar. Ainda mais agora no verão, quando a gente quer mesmo é se vestir da maneira mais fresquinha possível.

sandalia-verao

E a resposta em geral é não. Nada de sandálias no trabalho. Rasteiras então, nem pensar.

Por mais flexível que eu seja e acredite que é possível a gente inventar e variar sem necessariamente quebrar as regras, o fato é que as sandálias são uma peça perigosa. A linha do certo e errado pode ser muito tênue dependendo do ambiente de trabalho.

Nos ambientes mais formais elas trazem um ar de casualidade que pode ser interpretado como descaso. Dependendo do modelo, pode ser uma peça chamativa demais ou fetichista. Outros podem achar muito esquisito ver uma pessoa usando um terno alinhado e discreto, mas trazendo nos pés tiras finas que mal seguram os dedos.

terno-com-sandalia

Então por carregarem tantas possibilidades, detalhes e nuances, a resposta para as sandálias no trabalho permanece não.

Claro que existem exceções e nesse caso vai para quem trabalha em lugares bem menos formais ou ambientes criativos.

Se o seu trabalho é assim, dá pra arriscar sandálias. Mas ainda assim existem regras. Opte por tiras grossas, saltos médios e sandálias que cobrem mais os pés do que aquelas do fim de semana ou da noite. Assim elas vão compor o visual com mais peso de sapato do que sandália.

Não fez sentido? Tente se inspirar nessas imagens:

sandalia-para-trabalhar

Anúncios

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s